Equipe da PMJP realiza visita técnica ao Parque Natural Lauro Xavier

Por - em 502

VisitatécnicaaoParque_LauroXavier_FotoGilbertoFirmino (69)A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através das Secretarias de Meio Ambiente (Semam) e Habitação (Semhab), realizaram, na manhã desta quarta-feira (5), uma visita técnica ao Parque Natural Lauro Pires Xavier, que fica localizado no bairro de Tambiá, próximo ao Hospital Santa Isabel. O objetivo da visita foi avaliar as condições ambientais do local e regularizar a situação fundiária dos moradores da comunidade Filipéia.

Segundo a secretária de Habitação, Socorro Gadelha, a Prefeitura de João Pessoa está empenhada em regulamentar a situação de quem mora na área que compreende o Parque Natural, mesmo sendo irregular. “Nossa intenção não é desapropriar, mas regimentar, regularizar a situação dos moradores para lhes garantir qualidade de vida e direito à propriedade”, destacou.

De acordo com o biólogo da Semam, Cláudio Almeida, o Parque Lauro Xavier foi criado por decreto, em 2002, com o objetivo de preservar a diversidade biológica e para servir de abrigo às espécies da fauna urbana, mas nenhuma melhoria foi realizada até então. “A visita diz respeito à necessidade de avaliação desta área de preservação. O Parque é uma Unidade de Conservação com a forte presença de remanescentes da Mata Atlântica, diversidade biológica e relevância paisagística”, completou.VisitatécnicaaoParque_LauroXavier_FotoGilbertoFirmino (31)

O representante da ONG SOS Verde, Michael Rodrigues, técnico em Educação Ambiental, solicitou a visita da equipe e reivindica a implantação definitiva do Parque. “Esperamos que além da implantação real do Parque, que existe desde sua criação em 2002, fosse regulamentada a situação dos moradores, conforme determina a lei do Sistema Nacional das Unidades de Conservação (SNUC)”, explicou.

Para Antônia Gomes, moradora do local há mais de nove anos, a iniciativa da PMJP chega em boa hora. “Espero que a Prefeitura regularize nossa situação”, revelou.

Lauro Xavier – O Parque ocupa a área do riacho da Bomba, na divisa dos bairros de Tambiá, Jardim Treze de Maio e Róger e ainda integra o Parque Zoobotânico Arruda Câmara. A área do Parque Lauro Pires Xavier corresponde atualmente a 18 hectares de Mata Atlântica, caracterizada pela formação secundária de florestas na zona urbana.

Unidades de conservação (UCs) – Ao todo, existem pelo menos cinco unidades espalhadas pela cidade. Somente a cargo da administração municipal foram identificadas quatro Unidades de Conservação. Além do Parque Natural Lauro Pires Xavier, João Pessoa conta com o Parque Augusto dos Anjos, no bairro Gramame; Parque do Cabo Branco, no Altiplano Cabo Branco e integra a área da Estação Ciência; e ainda o Parque Ecológico, entre as avenidas Beira Rio e Epitácio Pessoa. Todos criados e gerenciados pela Prefeitura.

Participações – Além de técnicos das Secretarias de Habitação e Meio Ambiente e da ONG SOS Verde, tiveram participações na vistoria Marival Aciole, do Centro de Desenvolvimento Raio do Sol (C.D.R.S) e José Vagner de Oliveira, do Museu Santuário Etnológico.