Equipe da STTrans visita Cajazeiras para mostrar modelo de trânsito

Por - em 33

Uma equipe técnica da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) viaja neste terça-feira (10) para o município de Cajazeiras, Sertão paraibano, onde dará suporte no processo de planejamento de trânsito e transportes para a Superintendência Cajazeirense de Transporte e Trânsito (SCTrans). Além de uma visita de reconhecimento de alguns pontos da cidade, também está prevista uma reunião com o prefeito da cidade, Léo Abreu (PSB) para discutir o tema.

Participarão da visita técnica, a superintendente da STTrans, Laura Farias; o diretor de Transportes, Adalberto Araújo; o diretor de Trânsito, Omar Ramalho; o diretor Administrativo, Antônio Davino; e a assessora de Planejamento, Raimunda Lucena.

A solicitação do suporte técnico foi feita pelo responsável pela SCTrans, Marcos Soares, durante visita que realizou a superintendente da STTrans, Laura Farias, no dia 26 de janeiro. Ele informou que procurou o suporte porque João Pessoa é referência no quesito gestão de transportes e trânsito. Ele informou que pretende adaptar para o município de Cajazeiras alguns projetos desenvolvidos na Capital paraibana, entre eles o de estacionamento rotativo Zona Azul.

O modelo de utilização e distribuição da sinalização vertical e horizontal de João Pessoa, conforme disse Marcos Soares, também deverá ser aplicado na cidade de Cajazeiras. O superintendente revelou, ainda, que pretende intensificar campanhas educativas dentro da cidade, assim como vem acontecendo na Capital, por isso, também terá o suporte técnico da Gerência de Educação do Trânsito. Ele informou que começou este trabalho educativo durante o Carnaval. “Hoje João Pessoa serve de modelo no quesito trânsito aqui para o Estado, por isso, que nós solicitamos esse apoio técnico”, comentou Marcos Soares

A superintendente da STTrans, Laura Farias, falou da importância dessa troca de experiência entre gestões, como forma de melhorar cada vez mais o serviço que é prestado à população. “Nós estamos sempre abertos a trocar informações e colaborar com outros órgãos. É fundamental que haja esta troca de experiências, como forma de aprimorar o trabalho que é desenvolvido e atingir o grande objetivo que toda a gestão tem que ter que é prestar cada vez mais um serviço de qualidade e garantir a qualidade de vida da população”, comentou.