Equipes de Saúde da Família realizam mais de 200 mil atendimentos por mês

Por Rebeka Paiva - em 1879

D T . R J .15855.Ivomar Gomes Pereira

“Eu resolvo todas as minhas consultas e exames no serviço público de saúde e sempre me senti acolhida e bem cuidada com o atendimento que recebo, sinto que o pessoal da unidade cuida mesmo porque se preocupa”, relata a dona de casa Maria das Graças, usuária do SUS há mais de 20 anos.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Saúde, presta, por meio das Unidades de Saúde da Família (USF), uma assistência integral à população. Ao todo, são 199 Equipes de Saúde Família (ESF), distribuídas em 100 prédios, realizando mais de 200 mil atendimentos por mês.

“É através da USF que acontece o contato inicial entre o usuário e os serviços do Sistema Único de Saúde. Na USF, o usuário é acolhido e passa por uma escuta qualificada, o que é fundamental para assistência prestada”, explica Ana Giovana Medeiros, secretária-adjunta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Nas USF, são oferecidos serviços básicos para o usuário do SUS, como atendimento médico, de enfermagem, odontológico, vacinação, curativo, verificação de pressão arterial e glicemia, realização de testes rápidos, exame citológico, atividades do programa de Saúde na Escola, entre outros serviços.

Para prestar esses atendimentos, as USF contam com as Equipes de Saúde da Família (ESF). Cada uma tem cerca de 2.000 a 3.500 pessoas cadastradas no território. Essas ESF são compostas, em uma equipe mínima, por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogos, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde, além das equipes de apoio com os agentes administrativos, que são recepcionistas, auxiliares de Farmácia e auxiliar de serviços gerais. Cerca de 3.500 profissionais atuam na rede de atenção básica.

Gerente Saúde – No ano de 2017, buscando maior resolutividade na atenção primária com atendimento humanizado, foi lançado o Gerente Saúde, que entre outras modificações instituiu a pessoa do Gerente Saúde, profissional habilitado para fortalecer o diálogo entre usuários, profissionais e Secretaria de Saúde e, assim, efetivar a melhoria da Atenção Básica. Atualmente, todas as Unidades de Saúde da Família da Capital possuem um Gerente Saúde.

De acordo com a secretária-adjunta da SMS, o Gerente Saúde atua diretamente na prestação da assistência humanizada ao usuário. “O gerente vem contribuindo para o aprimoramento e qualificação do processo de trabalho nas Unidades de Saúde, fortalecendo a atenção à saúde prestada pelos profissionais das equipes aos usuários. O atendimento do Gerente é focado no atendimento ao usuário, oferecendo um bom atendimento de saúde de forma humanizada, fazendo com que todos fiquem satisfeitos com os serviços que estamos ofertando”, explica Ana Giovana Medeiros.

Unidades Básicas – Além das USF, a PMJP ainda disponibiliza as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para os moradores das áreas que não recebem cobertura das equipes de saúde da família. Ao todo, o município possui cinco UBS distribuídas pela cidade e que também funcionam de segunda a sexta-feira. São elas: Unidade de Saúde das Praias, em Tambaú, UBS Maria Luiza Targino, no bairro São José, UBS Francisco das Chagas Soares, no Treze de Maio, UBS Lourival de Gouveia Moura, no Alto do Céu e UBS Mandacaru, no bairro de Mandacaru.

Os atendimentos básicos são realizados nas USF, enquanto as especialidades são encaminhadas para os serviços especializados, por meio de agendamento. O atendimento ao público nas USF acontece de segunda à sexta-feira, no período das 7h às 11h e das 12h às 16h. Para ser atendido, é necessário o usuário apresentar o cartão do SUS.

Novas unidades – Nos últimos seis anos, 29 USF já foram construídas, reformadas e/ou ampliadas na atenção básica. A PMJP está realizando o investimento de 12 milhões de reais com a construção de novas unidades de saúde, aumentando a cobertura da atenção básica e a assistência aos usuários.

“São 16 novos prédios, sendo 17 equipes de saúde que saem do aluguel e 28 novas equipes para aumentar ainda mais a cobertura de atenção básica no município. Dessas, já temos cinco unidades em fase final de construção”, destaca a secretária-adjunta da SMS.

Humanização – O programa foi lançado em fevereiro de 2017 de forma piloto, mas desde junho do último ano, todos os prédios de USF contam com a presença de um Gerente Saúde. Eles atuam como agentes multiplicadores de um serviço mais humanizado oferecido pela PMJP e facilitam a resolutividade da assistência prestada.

Os gerentes participam de reuniões semanais em seus distritos sanitários e quinzenais com a SMS, nas quais recebem capacitações sobre a rede de serviços, apresentam suas dificuldades e problemas para que eles sejam resolvidos em conjunto, facilitando o atendimento prestado à população. Uma vez ao mês, as reuniões contam com a participação do prefeito Luciano Cartaxo.

Satisfação – Além das reuniões, um monitoramento social permanente serve de base para o Índice de Satisfação do Usuário (ISU), que, ao final do ano, permite uma premiação para as equipes que obtiverem os melhores resultados.

Dentro das atividades do Programa Gerente Saúde são realizadas diversas capacitações com os gerentes das USF e com as demais categorias de profissionais da Atenção Básica sobre a rede municipal de saúde. Os cursos têm a finalidade de melhorar o atendimento ofertado aos usuários e assim proporcionar uma melhor qualidade de vida à população.

Já foram capacitados além dos gerentes, recepcionistas, auxiliares de farmácia, médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), e agentes comunitários de saúde sobre diversos temas que englobam a rede de serviços e cuidados da SMS.