Escola da PMJP é uma das vencedoras da VI Olimpíada Brasileira de Robótica

Por - em 77

A equipe Robomax, da Escola Municipal Antônia do Socorro Silva Machado, localizada no bairro Valentina Figueiredo, foi a grande campeã da VI Olimpíada Brasileira de Robótica, nível 1. O evento aconteceu no sábado (11) na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. Agora, a equipe vai disputar a final da OBR em Fortaleza (CE), entre os dias 15 e 21 de outubro.

Participaram dessa etapa da Olimpíada 72 escolas públicas e particulares da cidade de João Pessoa. “O número de inscritos superou as nossas expectativas, atingindo o objetivo do evento que é divulgar e popularizar a robótica no nosso Estado”, disse o coordenador estadual da OBR, o professor Fagner Ribeiro.

A equipe da Escola Municipal Luiz Vaz de Camões, que ficou em 4º lugar no ano passado, foi uma das representantes da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) no evento. “Nunca havia participado de um evento assim e estou muito feliz, pois estou aprendendo cada vez mais”, comentou David Henrique, aluno do ensino fundamental. A equipe da Escola Luiz Vaz de Camões veio acompanhada da professora de informática e robótica, Renata Silveira.

Competição – A competição foi dividida em três rodadas. A primeira rodada aconteceu pela manhã, no segundo pavimento da Torre Mirante, onde as equipes, composta por 4 ou 5 alunos de cada escola, montaram seus protótipos de robô com o kit escolar que recebem gratuitamente da Secretaria de Educação do Município (Sedec). A segunda e a terceira foram no período da tarde.

O evento premiou as três equipes mais bem colocadas com medalhas. O grupo vencedor, além dos prêmios, ganhou hospedagem para competir na final da Olimpíada Nacional de Robótica, em Fortaleza.

Exposição – No segundo pavimento da Torre Mirante foi aberta a exposição de robótica que permanecerá no local até este domingo (12). A exposição é uma parceria entre a Secretaria de Educação (Sedec), com apoio da Pete e Lego Education.

Na exposição, o visitante vai encontrar projetos do Colégio Geo, da Escola Internacional Cidade Viva, do Projeto Baja SAE da Universidade Federal da Paraíba e do Laboratório de Robótica da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. “O objetivo desta mostra é levar ao público, que não participa da Olimpíada, a chance de conhecer e interagir com os robôs e as tecnologias apresentadas”, afirmou a vice-diretora da Estação Cabo Branco e curadora da exposição, Lúcia França.

Entre os projetos apresentados está um plotter feito de lego, que usa a tecnologia Android para fazer desenhos em uma folha de papel. “O público visitante vai poder desenhar livremente com esse plotter e, no final, vai levar o desenho feito com a marca da OBR e da Lego Education”, revelou o professor de Robótica, Rafael Cunha.

O Projeto UFPBaja SAE vai expor, no hall de entrada da Torre Mirante, um dos protótipos de  veículo monoposto para uso fora de estrada, que já levou a equipe paraibana a ganhar dois campeonatos regionais. Feito de uma estrutura tubular em aço, com quatro rodas e motor padrão de 10HP, o carro pode atingir a velocidade de 63 quilômetros no asfalto e de 53 quilômetros por hora em terrenos acidentados.

O Projeto Baja SAE surgiu nos Estados Unidos, na década de 1970, e logo se difundiu pela maioria das escolas de engenharia. No Brasil, iniciou-se em 1995 e é atualmente o projeto ligado à engenharia de produto mais difundido nas universidades brasileiras.

Laboratório – Outro espaço que também poderá ser visitado é o Laboratório de Robótica da Estação Cabo Branco. Nele, o visitante vai encontrar projetos que trabalham temáticas educativas utilizando a robótica como mediação, através da criação de projetos, construção de protótipos e programação computacional.

 

SERVIÇO:

EXPOSIÇÃO “O FANTÁSTICO MUNDO DA ROBÓTICA”

Local: Segundo Pavimento da Torre Mirante

Período: de 10 a 12 de agosto

Horários: sábado e domingo das 10h às 21h.

 

CONTATO PARA A IMPRENSA

FAGNER RIBEIRO

Fone: 8825.0404