Escola José Novais apresenta trabalhos do Ano Cultural

Por - em 47

Alunos da Escola Municipal José Novais, localizada no Bairro dos Novais, mostrarão nesta sexta-feira (13), a partir das 15h, os trabalhos produzidos por meio do projeto interdisciplinar ‘Zé Ramalho: educando em sintonia com música e poesia’. O evento contará com a participação do diretor da Fundação de Cultura de João Pessoa (Funjope), Chico César, que falará sobre o que representa o Ano Cultural Zé Ramalho para a educação municipal.

Chico César será recebido pelo coral da escola, que fará uma apresentação da música ‘Mama África’, e assistirá um breve histórico sobre a sua vida. Depois, serão apresentadas as atividades relacionadas ao Ano Cultural (durante este período, os alunos do 1º ao 5º ano da Rede Municipal de Ensino vêm trabalhando as atividades interdisciplinares por meio o trabalho do cantor e compositor Zé Ramalho, com estudo de textos, cartazes, vídeos, produções textuais, danças, teatro e música).

Seis alunos do 4º e 5º ano farão uma apresentação em canto coral da música ‘Nave interior’, uma parceria de Zé Ramalho com Chico César; a leitura de um cordel intitulado ‘Zé Ramalho, ancestral e futuro da palavra e do som’; uma peleja com as músicas ‘Mulher nova, bonita e carinhosa’, ‘Do muito e do pouco’ e ‘Galope rasante’; uma declamação da ‘Décima de um cantador’; e um jogral com a letra da música ‘Filhos do Câncer’.

Os alunos do 4º ano A, B e C, por sua vez, produziram vários poemas para um concurso. O trabalho selecionado será lido no evento pelo autor, que será premiado como aluno destaque e ganhará um notebook. Ao final da programação, haverá uma roda de conversa entre os alunos e Chico César.

Ano Cultural – Esta é quarta edição do projeto, que teve início em 2007, homenageando personalidades paraibanas que se destacam no cenário cultural brasileiro. O primeiro foi o Ano Cultural Ariano Suassuna; em 2008, o Ano Cultural José Lins do Rego; e, em 2009, o Ano Cultural Sérgio de Castro Pinto.

Este ano, tendo Zé Ramalho como tema, o projeto celebra um artista que amplia a visibilidade do estado da Paraíba com sua música, rompendo fronteiras regionais e cumprindo um papel de expressão universal. Sua obra é o subsídio para ações educacionais e culturais que estão sendo desenvolvidas por estudantes da educação municipal.