Escolas de JP encerram Ano Cultural Sérgio Castro Pinto

Por - em 36

Dança folclórica e moderna, coral, exposição de poemas e desenhos produzidos pelos alunos da Escola Municipal Educador Francisco Pereira Nóbrega, no bairro do Cristo, marcaram o encerramento do Ano Cultural Sérgio de Castro Pinto, na tarde desta quarta-feira (14) . Na ocasião, foi lançado um livro de poesias intitulado ‘Coletânea de Poemas’, com obras inspiradas na vida e arte do poeta Sérgio de Castro Pinto, o homenageado em toda a rede municipal de ensino,

Sérgio Castro Pinto participou da cerimônia de encerramento e disse estar muito feliz com as homenagens feitas pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP). “As crianças precisam respirar arte. Esse projeto é importante, assim como o empenho dos professores, que deveria ser seguido por outras instâncias. Isso cria nas crianças o hábito da leitura”, enfatizou Sérgio de Castro.

Alunos do Fundamental I e II apresentaram uma coreografia da dança folclórica Camaleão, além de passos da dança moderna com o tema ‘Usina vista de cima’. O musical ‘Os Saltimbancos’ também foi coreografo pelos estudantes. Em seguida houve um recital de poemas e a apresentação de um coral com alunos do 7º, 8º e 9º anos. Também foram expostas fotografia e desenhos produzidos pelos estudantes da escola Francisco Pereira Nóbrega.

Poemas – Os 16 melhores poemas que estão na ‘Coletânea de Poemas’ falam de animais e natureza. De acordo com a diretora da escola Francisco Pereira Nóbrega, Rúbia Aliane Formiga, todas essas obras foram inspiradas no Livro ‘O Zoo Imaginário’ de Sérgio de Castro Pinto.

Alisson Felipe Dias da Silva, do 6º ano, escreveu a poesia ‘O Pavão’. Segundo ele, a poesia era um mundo desconhecido até ler a obra de Sérgio de Castro. “Nunca tinha lido ou escutado uma poesia, nem sabia o que era. Quando a professora nos apresentou o livro dele e pediu que fizessemos um poema, comecei a gostar de poesia e agora pretendo escrever mais”, disse Alisson.