Espanhol José Herrera expõe fotografias de prédios antigos de João Pessoa

Por Adriana Crisanto - em 212

O fotógrafo hispano-brasileiro José Herrera abriu, nesta terça-feira (12), a exposição ‘Retalhos Parahybanos’ na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. Neste trabalho, o artista lança um olhar diferente sobre as fachadas dos prédios do Centro de João Pessoa.

No espaço, o visitante encontra 15 fotografias impressas em papel “fine art”, que oferece ao observador uma sensação de realismo em que a fotografia e pintura se misturam. José Herrera contou que João Pessoa tem mais de quatro séculos de existência e ainda preservar as edificações coloniais. “Nesta série lanço um olhar para a cidade da primeira metade do século XX. Por isso, faço referências ao nome da Capital desse momento histórico”, comentou.

As imagens desta série mostram uma visão panorâmica da Rua Maciel Pinheiro e arredores, com recortes de janelas, portas, fachadas e outros. “Enfatizo uma arquitetura vernacular que caracteriza um modo de viver e intervir no espaço urbano”, contou José Herrera.

A crítica de arte e curadora baiana, Matilde Matos, que escreve no material de divulgação de Herrera, comentou que ele sabe tirar partido dos contrastes, da junção inesperada de determinados elementos. “Da pátina de um muro velho ou da textura de uma parede descascada e repintada, fazendo com sobriedade e um mínimo de elementos”, escreveu.

José Herrera – Ele nasceu em Las Palmas de Gran Canária (ES) e viveu boa parte de sua vida em Salamanca (Espanha). Morou em Salvador (BA) e São Paulo (SP), mas hoje reside em João Pessoa (PB), cidade que escolheu para morar. José Herrera é engenheiro de profissão, estudou desenho e pintura, mas desde a década de 1980 se dedica à fotografia. Participou de exposições e salões fotográficos em Salamanca, Valladolid, Las Palmas de Gran Canária, sua terra natal. Expôs suas fotos em museus, galerias, bienais, fundações do Brasil e exterior. Foi premiado no 2º concurso de Fotografia do Mercosur, em Montevideo (UR) e do VIII Concurso de fotografia Momentos de la lecturam de la Fundacion Alonso Quijano, em Málaga (ES). Em João Pessoa, ele expôs a série “Filipeia Minimalista”, 2016, no Sesc Paraíba.

SERVIÇO:

EXPOSIÇÃO RETALHOS PARAYBANOS

Expositor: José Herrera.

Local: rampa do prédio administrativo

Horário de visitação: terça a sexta-feira das 9h às 18h, e sábado, domingo e feriado de 10h até 19h.

Entrada gratuita

Classificação: Livre

Em cartaz até o dia 5 de maio

Mais informações:

www.joaopessoa.pb.gov.br/estacaocb

Fones: 3214-8270 ou 3214-8303

 

CONTATO PARA IMPRENSA:

Larissa França (curadora): 9 8690-0179

José Herrera: 0055 83 999 27 9717 (Brasil) ou 0034 637 41 4498 (Espanha)