Estação Cabo Branco abre edital para contratação de estagiários

Por - em 20

A Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes abriu edital do processo de seleção para contratação de estagiários. As inscrições, feitas através de currículo lattes e carta de intenções, vão até o dia 15 de agosto no setor de gestão educacional ou de monitoria da Estação Cabo Branco, localizada na Avenida João Cirillo Silva, no Altiplano Cabo Branco, de terça-feira até sexta-feira, no horário de 9h às 17h.

O Convênio de Cooperação foi firmado com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O diretor da Estação Cabo Branco, professor Fernando Abath, disse que o objetivo é identificar perfis adequados para o desenvolvimento de estágio junto à monitoria da visitação pública e aula de campo da Estação Cabo Branco, envolvendo várias modalidades de arte, cultura e ciência.

Para concorrer à seleção, o estudante precisa ser matriculado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), ter cursado no mínimo 30% dos créditos do curso e no máximo 70%, ter disponibilidade de 20 horas semanais para o desenvolvimento das atividades de estágio e apresentar o Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE) acima ou igual a 7,0.

Os currículos devem estar cadastrados na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), disponível para cadastro no endereço eletrônico http://lattes.cnpq.br/

A coordenadora dos estagiários da Estação Cabo Branco, Cecília Avelino, explicou que para integrar a equipe, o estudante deverá ter facilidade de se relacionar com o público, interagir e conviver em grupos, ser assíduo e pontual no exercício profissional, e ter uma boa percepção dos diferentes públicos, usando os melhores artifícios para levar o conhecimento das ciências ao público que nos visita.

A seleção será realizada em duas etapas. A primeira, classificatória, que consiste no envio de currículo – de preferência no modelo Lattes resumido – e histórico escolar atualizado, além de carta de intenções explicando sucintamente como a Estação Cabo Branco pode contribuir para a sua formação profissional. A segunda etapa, eliminatória, consta de entrevista em que serão abordados aspectos de vivência acadêmica, interesses pessoais, profissionais e acadêmicos em relação ao estágio.

A coordenadora do setor de Gestão Educacional da Estação Cabo Branco, Cássia Freitas, ressaltou a importância do fortalecimento das atividades de estágio no sentido de reiterar os vínculos com a academia, com a ciência e a cultura. “Estamos transformando a monitoria em uma atividade de estágio, em que o aluno passa a ser também produtor de ciência e conhecimento”, completou.

O estágio será válido por um ano, podendo ser renovado por vontade das partes envolvidas. Neste período o estagiário tem direito a bolsa correspondente a R$300,00 (trezentos reais), além do custeio do transporte. O estágio poderá ser interrompido caso o estagiário não corresponda às necessidades da Casa e ao que foi acordado em contrato celebrado com a Prefeitura Municipal.

O estagiário pode interromper o estágio por necessidades diversas, desde que comunique com antecedência à Direção da Estação ou à Coordenação de Monitoria. As entrevistas serão realizadas em data e horário pré-determinado pela Comissão de Avaliação.