Estação Cabo Branco oferece aulas gratuitas de ioga e circo durante o mês de julho

Por - em 45

A Estação Cabo Branco está oferecendo, durante este mês de julho, aulas gratuitas de ioga e de circo para os visitantes. A iniciativa faz parte da programação de aniversário de quatro anos do equipamento e também coincidente com o mês das férias escolares.

A oficina de circo tem início nesta quarta-feira (4), por meio de uma parceria com o Centro Cultural Piollin. Não haverá inscrição e nem restrição de idade para participar. As aulas acontecem às 17h, no anfiteatro e no acesso gramado da Estação. “Serão trabalhadas modalidades como malabares (com bolas, argolas, clave), acrobacias, tecido e trapézio, começando por noções fundamentais de consciência corporal e trabalho em grupo”, disse a arte-educadora e atriz Giovanna Lima, que está no comando da oficina.

O potencial esportivo do circo atrai praticantes que desejam um corpo mais tonificado. Mas, além da boa forma, eles obtêm mais concentração, força, equilíbrio, flexibilidade e coordenação motora. “A estratégia é motivar os alunos por meio de dinâmicas, treinos e brincadeiras que os façam perder a inibição e o medo inicial”, afirmou Gioavanna Lima.

Oficina de ioga – As aulas de ioga, que também começam nesta semana, acontecerão todas as quartas e sextas-feiras e são resultado de uma parceria com o Espaço Arte Yoga, do Bairro dos Estados. A oficina, que não requer inscrição nem restrição de idade, acontece às 18h, no Terraço Panorâmico da Estação, na Torre Mirante.

Para quem não é praticante desta arte milenar indiana, orientações quanto à postura e à respiração são primordiais. “Nossa aula vai ser bastante simples e todos poderão acompanhar, mesmo quem nunca praticou”, garante Roberto Miranda Sansão, educador físico e instrutor de ioga.

Já é comprovado que a ioga, como atividade física, oferece benefícios contra a ansiedade, o estresse e a depressão, por aumentar os níveis de serotonina no sangue. As posturas, que unem alongamento e meditação, agem diretamente no sistema nervoso central, trazendo calma e relaxamento. Também há estudos relacionando a sua prática a resultados positivos no combate à hipertensão, diabetes, asma, artrite, problemas intestinais e até distúrbios alimentares.

Origem do nome – A palavra ioga (ou, como defendem alguns “yôga”, no masculino) vem do sânscrito, uma antiga língua indiana hoje restrita a rituais religiosos, e significa união. Para seus seguidores, trata-se da ligação entre o corpo e a mente ou entre a arte de se movimentar e a de parar e relaxar. Os pesquisadores estimam que o método começou a ser praticado na Índia há mais de cinco mil anos. Acredita-se que foi somente em 500 A.C. que esses ensinamentos milenares foram codificados em um livro, o Yoga Sutra – que quer dizer Manual da Ioga –, pelo sábio indiano Patañjali.

 

SERVIÇO:

Oficina gratuita de Ioga

Quartas e sextas de julho

Hora: 18h

Local: Terraço Panorâmico da Estação Cabo Branco

Não requer inscrição

Informações: 3214-8303/8270

 

Oficina de arte circense

Quartas-feiras de julho

Hora: 17h

Local: Anfiteatro da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes

Informações: 3214-8303/ 8270

 

Contatos para a imprensa

Espaço Arte Yoga (também oferece curso de tai-chi-chuan)

Av. Piauí, 906, Bairro dos Estados

Contato: Roberto Miranda Sansão, instrutor (3224-0120 ou  9121-9750)

 

Centro Cultural Piollin

Contato: Giovanna Lima, arte-educadora (8615-7669)

Rua Professor Sizenando Costa, s/n , Róger