Estação Cabo Branco recebe montagem teatral que relata a vida de idosos

Por - em 27

“Tempo” é a mais nova montagem teatral do grupo “Tempo´s” que será apresentada neste domingo (24), às 18h, no auditório da Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, localizada no Altiplano. A entrada é aberta ao público. O espetáculo é uma tragicomédia que conta a história de um casal de idosos. São duas vidas que buscam respostas diárias para seu cotidiano. No auge da maturidade o casal se vê isolado do mundo revisitando sua condição humana. A montagem passeia entre os gêneros drama e comédia, levantando uma questão inerente sobre a vida do ser humano: a solidão.

No palco estão os atores Robert Sodré (idoso) e Luciana Oliveira (idosa). “A peça foi montada a partir de laboratórios vivenciais, procurando observar a relação do ser com seu ‘tempo’. O tempo da vida, nascimento, morte. O tempo de uma realidade atual, partindo do universo daqueles que viveram tempo suficiente para questionar, avaliar e refletir sobre os truques cósmicos do tempo de Ser Humano; os idosos”, comentou Robert Sodré que também dirige o espetáculo.

O texto da peça é baseado na obra “O Viagra” do escritor Luís Fernando Veríssimo, dos fragmentos do texto “Eu sei que vou te amar” do jornalista e escritor Arnaldo Jabor, e textos de autoria dos próprios atores. Todo o material começou a ser escrito no dia 30 de outubro de 2008 e passou pela chancela de alguns teatrólogos de João Pessoa para em seguida se tornar a montagem que hoje se apresenta.

Todo processo de composição textual e teatral é fruto de trabalho de pesquisa do grupo nas casas de apoio a idosos de João Pessoa, a exemplo do Lar da Providencia e da instituição Nosso Lar. Durante a pesquisa os atores buscaram verificar a vida dos residentes, focalizando a pesquisa na mimese corpórea. Fora do teatro, o grupo questionou sobre as convenções do teatro moderno que muitas vezes se limita a caixa preta, com a preocupação de abordar um problema social e a terceira idade como foco central de debate.

O Grupo – Tempo’s Grupo de Teatro existe desde 1 de junho de 2008 e estreou no teatro com o espetáculo “Está Escrito”, dirigido por Elias de Lima e interpretação de Robert Sodré, que consolidou o espetáculo no Festival de Artes do Macapá (AP), onde teve críticas positivas do júri local.

Em agosto de 2009, participou do Festival de Artes do Macapá (AP), representando a Paraíba. O Festival fortaleceu o núcleo de estudo do espetáculo acrescentando elementos cruciais, consolidando sua sede na Associação de Moradores de Mangabeira (Prosind), aonde desde Janeiro de 2010, vem realizando oficinas gratuitas à comunidade, debates e ensaios abertos uma vez por mês. “O grupo vem a cada dia solidificando sua identidade cultural, com a intervenção direta da atriz Luciana Oliveira, através de métodos qualitativos e quantitativos do teatro de laboratório. Também tem se destacado com suas performances os participantes: Pedro Jady (músico), Rafael Sanzio e Miguel Dos Santos (técnica de montagem)”, informou Robert Sodré.

Em setembro deste ano, o grupo participou do Festival de Teatro do município de Santa Rita (Festaty), onde teve a oportunidade de concorrer com mais de 25 grupos de teatro, conquistando oito prêmios nas indicações de Melhor Espetáculo, Melhor Texto, Melhor Trilha Sonora, Melhor Figurino, Melhor Cenário, Melhor Direção, Melhor ator e Melhor Atriz. O grupo também participou de indicação na categoria de melhor maquiagem, sendo julgado por Ivonaldo Rodrigues (Professor, Diretor, Dramaturgo e Ator) como um espetáculo completo em seus detalhes e definições de cena.

FICHA TÉCNICA:
Encenação/Direção/Dramaturgia In Process: Robert Sodré
Cenografia: Tempo’s Grupo de Teatro
Figurino: Tempo’s Grupo de Teatro
Caracterização: Ailton Gomes
Execução: Luciana Oliveira
Iluminação: Rafael Sanzio/ tempo’s grupo de teatro
Execução: Rafael Sanzio, Ator, iluminador, cineasta e roteirista.
Músicos: Pedro Jady – (Músico/Sanfoneiro)
Efeito Especiais: Miguel dos Santos, Ator, Músico e poeta
Seleção de Trilha: Grupo Tempo’s
Fotografia: Luis Carlos
“De volta a minha terra” Homenagem
Compositor/Interprete: Severino Feitosa.
“Serenata do Adeus”
“Poema dos Olhos da Amada”
“Bom dia tristeza”
“Loura ou Morena”
Álbum: Música Popular Brasileira- Vinicius de Moraes

SERVIÇO:
O TEMPO (drama e comédia)
Hora: 18h00
Local: Auditório da Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes – Altiplano.
Entrada aberta ao público

Contato para Imprensa
Robert Sodré: 8899-4947
email: temposgt@hotmail.com