Estação de Serviços oferece atendimento especial para as mulheres

Por - em 19

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e em parceria com a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPPM) realizou na tarde desta segunda-feira (12) a Estação de Serviços, na Praça Pedro Américo e no Paço Municipal, no Centro. A edição do programa que atende a população com serviços básicos de cidadania foi realizada especialmente para as mulheres, com atenção as profissionais do sexo. A ação fez parte da programação do Mês da Cidadania Ativa para as Mulheres e contou também com a parceria do governo estadual.

De acordo com Marcela Arbia, diretora do Departamento de Participação Popular e Organização Comunitária da Sedes, a estação foi pensada e readequada ao público alvo. “Normalmente iniciamos as Estações de Serviço pela manhã, mas como tínhamos a proposta de agregar mulheres e, mais especificamente, as profissionais do sexo, então colocamos o atendimento para o horário da tarde. Também pensamos em serviços voltados para beleza e saúde da mulher”, explicou.

A população se beneficiou com a emissão de documentos de identidade (RG), CPF e certidão de nascimento, orientação de profissionais da saúde, que realizaram os atendimentos e encaminhamentos necessários, corte de cabelo, limpeza de pele, manicure, orientações sobre saúde bucal, ouvidoria e a presença da Procuradoria Cidadã, esclarecendo as mulheres sobre os seus direitos.

“Esse é um trabalho que leva cidadania para a população, porque algumas pessoas não têm condições de realizar serviços básicos como cortar o cabelo, por exemplo, ou retirar um documento. O objetivo da PMJP é trabalhar em prol da população, oferecendo esse acesso a todos”, comentou Arbia.

Oportunidade – Marilene Massau aproveitou os serviços de manicure para cuidar de si. “É muito difícil a gente ter uma oportunidade como esta, então temos que participar. É muito bom vê que a prefeitura se preocupa com a gente”, disse.

Socorro Silva veio da cidade de Bayeux para tirar o documento de identidade e elogiou a iniciativa da prefeitura. “Que bom seria se as outras cidades copiassem o que a prefeitura de João Pessoa faz para a população”, frisou.

Já Jaciene Campos lembrou da importância da orientação de profissionais de diferentes áreas, atendendo aos cidadãos e ensinando-os sobre os seus direitos e deveres. “Num bairro como o nosso, em que o índice de violência é muito alto, é muito importante um evento como este para que os jovens participem, ao invés de tá fazendo besteira”, destacou.