Estação Ferroviária recebe ação sobre violência contra a mulher

Por - em 20

A estação ferroviária de João Pessoa recebeu na manhã desta sexta-feira (10) a equipe do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, numa intervenção educativa de enfrentamento à violência contra a mulher. A intervenção faz parte da ação junina “Violência contra a mulher. Não combina com Arrasta Pé”, que anualmente é desenvolvida pela Secretaria de Política Públicas para as Mulheres (SEPM), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

Esta foi a primeira ação realizada em parceria com a Superintendência de Trens Urbanos de João Pessoa (CBTU), que recebe diariamente milhares de passageiros de municípios vizinhos. “A intenção é sensibilizar a população quanto à violência doméstica, e informar dos direitos das mulheres através da Lei Maria da Penha e sobre os serviços do Centro de Referência”, disse a coordenadora do Centro de Referência da Mulher, Joyce Borges.

A intervenção no trem partiu de João Pessoa, seguindo até o município de Cabedelo e contou com a apresentação da equipe de teatro Soluar, que em parceria com a SEPM retrata a temática da violência doméstica de forma teatral e interativa com o público. Também foram distribuídos materiais informativos sobre o Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, que é o serviço de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica no município.

Essa mesma atividade se repetirá na próxima segunda-feira (13), a partir das 16h, seguindo o mesmo percurso. A ação “Violência contra a mulher. Não combina com Arrasta Pé” também será desenvolvida no período do São João de João Pessoa, no Ponto Cem Réis.

O Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, com atendimento especializado às vítimas de violência doméstica, com psicólogas, assistentes sociais, advogada e arte-educadoras. O serviço está localizado na Rua Afonso Campos, 191 – Centro, e também atende através do telefone 0800 283 3883.