Europa é a maior emissora de turistas para João Pessoa

Por - em 37

O continente europeu foi o maior emissor de turistas para a Capital paraibana no ano de 2009, com 57,38% dos visitantes estrangeiros pesquisados. É o que revela a pesquisa por amostragem ‘Perfil do Turista de João Pessoa’, que está já está disponível no portal da Prefeitura Municipal de João Pessoa no link “dados estatísticos’ da Secretaria Municipal de Turismo (http://www.joaopessoa.pb.gov.br/secretarias/setur/dadosestatisticos/perfil-do-turista-2009.pdf).

Do total de 122 estrangeiros entrevistados de janeiro a dezembro do ano passado,70 eram de cidades da Europa. O segundo maior emissor foi o continente americano com 40,16% dos turistas, o que em números significa 49 pessoas.

O secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Pereira Júnior comenta que esse resultado é reflexo do trabalho que a gestão municipal realiza nas grandes feiras de turismo que acontecem na Europa e também dos contatos mantidos com representantes do trade internacional e da mídia especializada, além de outras atividades intersetoriais realizadas para representar a cidade de João Pessoa.

“Recentemente recebemos uma equipe de profissionais que fazem parte do Rotary Club da Áustria que vieram conhecer as belezas da Capital. Oferecemos um tradicional city tour histórico-cultural com guia de turismo bilíngue, que foi muito elogiado pelos rotarianos internacionais. Em março, recebemos a editora da coluna de turismo do jornal DerStandard, a jornalista Mirjan Harmtodt, que veio conhecer a cidade e escrever uma matéria sobre o destino”.

O secretário conta que a visita da editora de turismo foi articulada durante a última articipação na Vakantiebeurs, grande feira de turismo que acontece anualmente em Utrecht, na Holanda. “Nossa relação com a Áustria é bem mais antiga, desde quando a cidade, em 2007, foi receber o prêmio ‘Gestão democrática voltada para o desenvolvimento sustentável’, conferido pela Fundação Mundial Harmonia, ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), durante o 11º Fórum Global Reinventando Governos, quando a cidade de João Pessoa se destacou como a única da América Latina a receber o prêmio. Fizemos vários contatos e agora estamos começando a colher os frutos dessa divulgação e reconhecimento pela forma diferente de governar a nossa cidade”, comenta.