Evento debate inserção da mulher na área do Turismo na Capital

Por - em 36

A inserção da mulher no mercado de trabalho na área do turismo foi o tema de um debate promovido nesta quarta-feira (10) pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), nas dependências da Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Arte. O debate faz parte da programação da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) em comemoração ao mês da Mulher. O evento contou com as presenças de representantes do trade turístico da Capital.

O secretário de Turismo, Elzário Pereira Júnior, apresentou números que comprovam que apesar de muitas conquistas, a mulher ainda precisa se firmar no mercado de trabalho e se capacitar para atuar na área do turismo. “De acordo com dados do Dieese, no Nordeste 24,2% das mulheres não têm rendimento e a maioria dos trabalhadores que ganham até um salário mínimo também são do sexo feminino. E como o turismo pode mudar esse quadro? Abrindo oportunidades para essas mulheres”, avalia Elzário.

Ele citou uma pesquisa feita pelo Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares do Estado da Paraíba ( SindHotel) que mostra que a mão de obra da maioria dos hotéis é masculina. “Em cinco grandes hotéis de João Pessoa apenas um deles tem mais mulheres do que homens trabalhando. Seria importante que fosse criado um instrumento para estimular a contratação de mulheres pelas empresas que atuam com o turismo na Capital”, falou Elzário.

Campanha – Durante o encontro foi lançado o folder da campanha mundial da Organização Mundial do Turismo (OMT), que este ano aborda a diversidade. A diretora de divulgação e marketing da Setur, Luana Estrela, fez a apresentação da campanha “Turismo Celebrando a Diversidade” e relembrou os temas dos anos anteriores.

Logo após os debates, duas mulheres foram homenageadas em reconhecimento pela importância que elas tiveram na consolidação de dois grandes atrativos turísticos na região metropolitana de João Pessoa. A primeira delas foi a microempresária Nora Freitas, que iniciou há 20 anos, a tradição de tocar o Bolero de Ravel durante o Pôr do Sol na praia do Jacaré, em Cabedelo. Posteriormente o espetáculo foi incorporado por Jurandir do Sax e reconhecido em todo o mundo atualmente.

A outra homenageada foi Leneide Maia, por ter descoberto na gastronomia regional uma alternativa para geração de emprego e renda, transformado o ‘Restaurante Mangai’, em sinônimo de boa comida, levando o nome de João Pessoa para todo o País.