Exposição sobre quilombolas é atração na Estação Cabo Branco

Por - em 22

Os quilombolas são o tema da exposição fotográfica que será aberta neste sábado (20), às 19h, no 2º pavimento da Torre Mirante da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Arte. A exposição, intitulada ‘Quilombolas – Tradições e Cultura da Resistência’, é uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Estação Cabo Branco, em parceria com a Petrobrás e ficará aberta ao público até o dia 21 de março.

A mostra é um registro fotográfico das tradições dos filhos dos quilombos no Brasil em 11 comunidades negras remanescentes, difundindo as questões sociais e culturais que as envolvem. São 40 fotografias em preto e branco, além de mapas, textos e legendas. O trabalho fotográfico é inédito, realizado pelo fotógrafo documentarista paulistano André Cypriano, atualmente radicado nos Estados Unidos. As fotos em negativo convencional preto e branco tratado digitalmente são resultado da pesquisa de campo nas comunidades.

Como parte de um projeto de longo prazo, o paulistano André Cypriano começou a foto-documentar estilos de vidas tradicionais e práticas de sociedades em lugares menos conhecidos nos remotos cantos do mundo, com uma tendência para o raro e extraordinário. O fotográfo é ganhador de diversos prêmios nacionais e internacionais, entre eles: Word Image Qward, promovido pelo Photo Discrit News em NY, e o All Roads Photography Program, pela National Geographic Society. Suas obras fazem parte de acervos do MAM-SP e MASP.

Comunidades Quilombolas – Após mais de um século da sanção da Lei Áurea pelo regime imperial, a historiografia e o sistema brasileiro ainda associam a imagem da escravidão à população afrobrasileira, referindo-se aos quilombos como fato histórico passado, negando sua historicidade e territorialidade contemporâneas. Segundo o Centro de Cartografia Aplicada e Informação Geográfica da Universidade de Brasília, existem hoje registros de 2.842 comunidades quilombolas espalhadas por todas as regiões do País. As comunidades tradicionais quilombolas constituem territórios étnicos de resgate e manutenção das heranças africanas sobreviventes no País e correm o risco de desestruturação social, econômica, política e territorial.

A curadoria da mostra é de Denise Carvalho, produtora cultural e diretora da empresa realizadora do projeto Aori Produções Culturais. O material faz parte do livro ‘Quilombolas – Tradições e Cultura da Resistência’, também patrocinado pela Petrobrás, com recursos da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:
Exposição: Quilombolas – Tradições e Cultura da Resistência
Data: 21 de fevereiro a 21 de março/2010
Horário: 9h às 21h, de terça a sexta-feira, e de 10h às 21h, aos sábados e domingos
Local: 2º pavimento da Torre Mirante da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Arte
Fone: 3214.8303/8270
Email: ecbartes@joaopessoa.pb.gov.br