Exposição ‘Viajantes, semeadores de poesia’ entra em cartaz na Estação das Artes

Por Marília Mesquita - em 261

Uma exposição documental que mostra um projeto educativo voltado para os professores: ‘Viajantes, semeadores de poesia’ entra em cartaz a partir desta sexta-feira (24) na Estação das Artes, anexo da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no bairro do Altiplano. Com mostra de pinturas, fotografias, gravuras, livros, vídeos e muitos outros, o público poderá entender como foi feito o processo de vivência de alguns professores dentro no mundo das artes.

O projeto é educativo, com idealização e autoria de Sayonara Brasil, que é professora de Artes e artista plástica há mais de 30 anos. Ele consiste em diversas oficinas que foram feitas ao longo do ano de 2019, com foco nos professores da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa. O intuito de Sayonara, enquanto educadora, foi de proporcionar aos professores a mesma oportunidade que os alunos têm de conhecer os expoentes da cultura, através de oficinas com mestres da xilogravura, visitas a museus, etc. Com isso, os professores passariam a ser multiplicadores da cultura popular, da literatura e da identidade regional nordestina. Tanto o projeto como a exposição documental contam com o apoio da Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec).

Além dos registros fotográficos feitos com os professores participando das oficinas, os trabalhos de xilogravura e o acervo literário que serviu como base para as pesquisas também estão inclusos nesta exposição, além de obras de arte de autoria de Sayonara Brasil, que participou como artista dentro do projeto.

‘Viajantes, semeadores de poesia’ é uma exposição com misto literário e artístico, como explica Sayonara. “Sou artista plástica há mais de 30 anos, e confesso que já passei por muitas situações que, para quem olha de fora, é desestimulante. Mas sempre preferi ver tudo isso como forma de ter mais raça para poder continuar neste mundo das artes. Quem visitar a exposição vai se deparar com este misto de literatura e artes que tanto nos encanta”, pontuou Sayonara.

Sayonara Brasil é natural da cidade de Jequié, na Bahia, mas radicada na Paraíba há mais de 30 anos. É artista plástica, com formação em Artes Plásticas na AEU-DF e pedagoga com formação na Universidade Católica de Brasília. Sayonara já ministrou vários cursos ligados à arte e a educação, já expôs em países da Europa, realizou pinturas ao ar livre no Canadá, esteve em encontros pedagógicos em Portugal e participou de outros numerosos eventos ligados à arte e a educação, sendo assim considerada, em vários países do mundo, a artista que representa o espírito alegre do povo brasileiro. Com um currículo extenso, Sayonara agora traz este projeto para a Estação Cabo Branco, aberto para os admiradores das artes, da música e da poesia.

“O grande objetivo desta exposição é investigar o uso do espaço pensando nas várias dimensões como elemento estruturante na construção social, educativa, poética, e sua relação com a palavra na obtenção do significado”, pontua a artista.

A abertura da exposição acontece nesta sexta-feira (24), a partir das 17h, no salão expositivo da Estação das Artes. A cerimônia contará com a presença de artistas, além de recital de poemas, apresentação musical e homenagens. A entrada é totalmente gratuita. O horário de visitação da exposição é de terça a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.