Famílias atingidas por chuvas recebem auxílio-moradia da PMJP

Por - em 46

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) liberou o pagamento de 16 auxílios-moradia às famílias atingidas pelas chuvas do mês de julho e que tiveram suas residências condenadas pela Defesa Civil. O pagamento mensal é de R$ 200, totalizando o valor de R$ 3.200 para o conjunto de famílias. O pagamento é feito pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que atende a 456 famílias, ao todo.

De acordo com a diretora do Departamento de Política de Proteção Social da Sedes, Edite Rodrigues, das 16 famílias, 14 estão abrigadas na Escola Municipal Celso Furtado, no João Paulo II, e duas na Escola Estadual Maria Quitéria, no Treze de Maio. “As famílias já receberam os valores na última quarta-feira e estão à procura de imóveis para aluguel. Assim que encontrarem novas casas elas vão deixar os abrigos”.

Edite Rodrigues explica que a concessão do auxílio só é possível quando há risco de desabamento da residência e atestado pela Defesa Civil Municipal. Entretanto, para que os recursos sejam liberados, é preciso que os beneficiários tenham a documentação mínima de RG, CPF e escritura da casa própria.

“Em muitos casos as pessoas não têm a documentação necessária e isto atrasa o processo, porque o pagamento é feito pelo CPF na boca do caixa dos bancos. Para receber o benefício, a família deve habitar casa própria e ter renda per capita inferior a um quarto de salário mínimo, o que corresponde a até R$ 136 por pessoa”, explica a diretora do Departamento de Política de Proteção Social da Sedes.

Ela destaca que outras famílias que chegaram a ser atendidas nos abrigos da PMJP no período chuvoso retornaram às suas residências quando não houve mais alagamento. Durante o período em que ficaram sob responsabilidade da PMJP, as famílias receberam cestas básicas, cobertores, itens de higiene e atendimento de saúde.

De acordo com legislação municipal, as famílias que recebem o auxílio-moradia ficam inscritas no programa por seis meses, prorrogáveis por igual período. A PMJP também as inclui nos programas de habitação, para que sejam contempladas com residências populares.