Famílias desabrigadas recebem assistência da USF do Treze de Maio

Por - em 21

Para facilitar o acesso das famílias prejudicadas pela chuva ao atendimento na unidade de Saúde da Família (USF) Viver Bem, no bairro Treze de maio, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está realizando um cadastro provisório na própria unidade. O benefício vale para as quatro famílias abrigadas na Escola Estadual Maria Quitéria, localizada no mesmo bairro, vindas da comunidade ‘Muçumago’.

Segundo a coordenadora da USF responsável pelo atendimento às famílias, Lívia Borralho, há entre as pessoas abrigadas na escola gestantes, idosos e várias crianças. “O cadastro provisório dará mais espaço para que essas pessoas possam receber mais cuidados e assim possamos garantir o amplo acesso delas aos serviços de saúde do município”, explicou Lívia.

Assim que foram transferidas para a escola, as famílias já receberam um primeiro atendimento de saúde. “No acolhimento foi avaliado o estado de saúde dos desabrigados e foi dada orientação no caso de urgência, como febre e diarréia. Também foram distribuídos medicamentos para algumas crianças que apresentaram alergias e pequenos cortes”, afirmou a enfermeira Ana Maria Vieira.

Abrangência de ações – As ações em apoio aos desabrigados da chuva estão sendo realizadas diariamente em todos os pontos de abrigo e nas áreas mais atingidas pelas chuvas na Capital, em cada Distrito Sanitário. Em João Pessoa há hoje 24 famílias desabrigas em virtudes das chuvas do fim de semana, que foram encaminhadas aos abrigos e estão recebendo assistência da PMJP.

Quatro delas são da Comunidade Mumbaba (Gramame) e foram alojadas na Escola Maria Quitéria. Outras cinco famílias foram levadas para o Centro de Referência da Cidadania, no Jardim Veneza. Já 25 dos desabrigados são do Grotão e estão na escola Celso Furtado, no bairro de João Paulo II.