Festa de Iemanjá deve reunir 100 mil na orla da Capital, no sábado

Por - em 49

A ‘41ª Festa de Iemanjᒠdeve reunir cerca de 100 mil pessoas neste sábado (8) na orla marítima da Capital. O evento é realizado pela Federação dos Cultos Africanos da Paraíba e conta com o apoio do Governo Municipal, através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). Segundo o presidente da Federação, Walter Pereira, está prevista a participação de 30 templos locais e procedentes de diversas cidades da Paraíba para celebrar o dia da ‘rainha do mar’.

Os rituais terão início a partir das 5h, em frente Busto de Tamandaré, e seguirão durante toda a manhã. As 16h, sairá uma caminhada da avenida Cruz das Armas, passando pelas avenidas Vasco da Gama e João Machado em direção à praia de Tambaú. Paralelamente, uma procissão se inicia na Praça de Iemanjá, no Seixas, e segue até o palco do evento no Busto. Os participantes poderão ofertar alimentos não perecíveis, que serão doados no domingo (9) ao Hospital Padre Zé, no bairro de Tambiá.

Este ano, a PMJP está oferecendo toda a estrutura de palco, sonorização e mais 41 banheiros químicos, sendo três deles exclusivos para portadores de necessidades especiais. “A Prefeitura é a única instituição que está nos ajudando a realizar essa festa. Sem esse apoio seria impossível a Federação arcar com as despesas. Tudo que solicitamos foi prontamente atendido, e só com essa ajuda é que conseguiremos manter a tradição de agradecer e presentear nossa rainha em seu dia”, destacou Walter Pereira.

A Festa de Iemanjá é realizada há 41 anos em João Pessoa, desde a liberação da prática da umbanda e da jurema no Estado, em 1966. “Antes disso, os rituais eram feitos às escondidas, nas matas”, contou o dirigente. Segundo ele, a ‘deusa das águas salgadas’ é considerada ‘mãe do universo’ pelos umbandistas. Para o Catolicismo, a figura de Iemanjá é associada à Nossa Senhora da Conceição.