Festival de Artes Cênicas Aldeia Sesc chama a atenção do público no Parque da Lagoa

Por Felipe Silveira - em 253

Parecia uma tarde de terça-feira normal, se não fosse uma intervenção urbana que chamou a atenção do público. Duas estátuas vivas e coloridas em meio à parada de ônibus do Parque da Lagoa Solon de Lucena, no Centro da Capital. A ação faz parte do Festival de Artes Cênicas Aldeia Sesc, projeto realizado com o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que acontece até sábado (21).

O espetáculo foi dirigido pelo artista paraibano Dan Oliveira, que é formado em teatro pela Universidade Federal da Paraíba e trabalha como estátua viva há cinco anos. “Eu já fiz vários outros personagens aqui no Parque da Lagoa e a recepção do público é sempre muito boa. Atrai principalmente as crianças. Todo mundo vê que é um trabalho sério e nos respeita”, afirmou Dan.

A dona de casa Laurice Ferreira dos Santos fez questão de parar para admirar o trabalho dos artistas. Ela mora no bairro de Mandacaru e estava passeando no Parque da Lagoa com o filho, de apenas dois anos. “Eu não esperava nunca encontrar com uma estátua viva quando voltava para casa. Meu filho ficou curioso e até ensinei ele a contribuir na caixinha de moedas desses artistas”, disse.

Aldeia Sesc –O projeto visa realizar um festival de produções em artes cênicas no âmbito local, regional e nacional reunindo diferentes linguagens e gerando um vasto intercâmbio cultural entre artistas e públicos. Na programação geral do evento, são realizadas apresentações artísticas em teatro, dança e circo, além de oficinas e palestras, incluindo cinema, literatura, entre outros. A ação também acontece no Sesc Centro e no Teatro Santa Roza.

Confira programação completa do Festival Aldeia Sesc no Parque da Lagoa até o próximo sábado:

Quarta-feira (18):

16h

Dentro do meu corpo, preso no teu desejo – intervenção urbana

Cia: Construção colaborativa com Miguel Segundo

Quinta-feira (19):

15h

Maiêutica – Intervenção cênica

Cia: Raquel Mützenberg (Mato Grosso)

Direção: Pedro Cândido

Sexta-feira (20):

18h

Ruína dos Anjos – teatro

Cia: A Outra Companhia de Teatro (Bahia)

Direção: Luiz Antônio Sena Jr e Vinícius Lírio

 

Sábado (21):

15h30

Fuzuê – teatro de rua

Cia: Encena | Direção: Ingrid Trigueiro.

16h30

De ponto a ponto, canto um conto – teatro infantil

Cia: Arretado Produções Artísticas

Direção: Nelson Alexandre.

17h30

Bailaço, da favela à história do funk – dança de rua

Cia: Dance Comigo

Direção: Gilmar Cândido Pinduca.