Festival de Cordel proporciona atividades para alunos de Creis e escolas do município

Por - em 554

Max Oliveira

FestivaldeCordel_foto_CornélioFelipe 343Aproximar estudantes da cultura popular e incentivar a leitura dentro das atividades interdisciplinares – eis o principal objetivo do Festival de Cordel promovido pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), que segue nesta terça-feira (10) com apresentações teatrais baseadas na literatura de cordel em 10 instituições de ensino. O trabalho é fruto do projeto “Cordel na sala de aula”, ministrado por professores para alunos de escolas do município e de Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) durante o ano letivo. As apresentações terão início 8h, no turno da manhã, e 14h no turno da tarde.

Durante a abertura os alunos das escolas municipais Anísio Teixeira, Frei Afonso e José Novais encantaram o público presente ao Centro de Capacitação de Professores (Cecapro), na Avenida Beira Rio, na noite desta segunda-feira (9). “É um processo de ensino mais prazeroso e significante. É uma forma de inovar na sala de aula, através dos professores da Língua Portuguesa, com uma dinâmica diferenciada”, disse a secretária da Sedec, Edilma Ferreira.

Uma das professoras que disseminam o projeto “Cordel em Sala de Aula” nas escolas do município é Giulliana Carla, da Escola Frei Alberto, que fica localizada no bairro do Róger. Ela conta que no início se preocupou em mostrar para os alunos obras de artistas paraibanos, tanto como uma forma de apresentar-lhes a riqueza poética na cultura popular, como na perspectiva de estimular o hábito deles pela leitura. O resultado deu tão certo que em pouco tempo os alunos começaram a produzir as próprias narrativas.

FestivaldeCordel_foto_CornélioFelipe 103Na apresentação que marcou a abertura do Festival de Cordel, os alunos do 7º ano da Escola Frei Afonso recitaram os poemas de “Lixão do Róger”, que é baseado na vida dos antigos catadores do lixão. “Foi impressionante ver a produção literária deles. Mesmo com tema livre preferiram se expressar sobre uma realidade local, que segundo contam, era vivida pelos pais, tios e familiares em geral, que ganhavam à vida no local”, disse a professora.

Já os alunos da Escola Municipal Anísio Teixeira homenagearam o músico e poeta paraibano Beto Brito, com a apresentação do espetáculo teatral “Um homem que pede chuva”. A performace emocionou o homenageado presente ao evento e deixou pais e mães orgulhosos na plateia. “Maravilhoso ver meu filho tendo contato com a nossa cultura e aprendendo isso em sala de aula”, disse Lucineide Rufino, mãe do aluno José Mateus, 13 anos. “Quero estar sempre em contato com a arte e com a nossa história”, resumiu o garoto.

O Festival de Cordel, que teve início nesta segunda (9), se estende até a próxima sexta-feira (13) com apresentações culturais de alunos de 16 Creis e de 24 escolas da Rede Municipal. Além da literatura de cordel, os alunos também terão os trabalhos expostos como desenhos, pintura, colagem e xilogravura.

Confira a programação:

Dia 10 de novembro, a partir das 8h

Crei Benjamim Maranhão

Crei Bergalice Vasconcelos

Crei Custódia Nóbrega

Crei Jociara Telino

Crei Karina Zagel

Dia 10 de novembro, a partir das 14h

Escola Municipal Américo Falcão

Escola Municipal Francisco Pereira da Nóbrega

Escola Municipal João XXIII

Escola Municipal Napoleão Laureano

Escola Municipal Padre Pedro Serrão

Dia 11 de novembro, a partir das 8h

Crei Rodrigo Moreno

Crei Marinete Paiva

Crei Laranjeiras

Dia 11 de novembro, a partir das 14h

Escola Municipal Hugo Moura

Escola Municipal Nazinha Barbosa

Escola Municipal Santos Dumont

Escola Municipal José Américo de Almeida

Dia 11 de novembro, a partir das 18h

Escola Municipal Analice Caldas

Escola Municipal Anayde Beiriz

Escola Municipal João Monteiro da Franca

Escola Municipal Seráfico da Nóbrega

Dia 12 de novembro, a partir das 8h

Crei Diotília Guedes

Crei El Shaday

Crei Frei Afonso

Crei Júlia Ramos

Dia 12 de novembro, a partir das 14h

Escola Municipal Anayde Beiriz

Escola Municipal Anibal Moura

Escola Municipal Duque de Caxias

Escola Municipal Zulmira de Novais

Escola Municipal Anita Trigueiro

Dia 13 de novembro, a partir das 8h

Crei Luzia do Taipa

Crei Alexandre Ramalho

Crei Adalgisa Vieira

Crei Dona Tana

Dia 13 de novembro, a partir das 14h

Aberto ao público para visitação dos trabalhos realizados pelas escolas.