Filme francês é exibido nesta quinta na Estação Cabo Branco

Por - em 17

O projeto ‘Cine Estação França’ apresenta nesta quinta-feira (25), às 19h, o filme Barakat (França, 2006), no auditório da Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, localizado no bairro do Altiplano. Está será a última exibição do ano e tem entrada gratuita.

O filme Barakat! é um longa metragem, com direção de Djamila Sahraoui, estrelando: Rachida Brakni, Zahir Bouzerar, Malika Belbey. O drama se passa na Argélia tomada pelo fanatismo integrista, onde a enfermeira Khadija, que, em sua juventude, ficou conhecida nos combates pela independência, decide acompanhar Amel, uma jovem médica de emergência num hospital. As duas saem na busca do marido da referida médica, um jornalista seqüestrado por terroristas. Ao fim de uma intensa procura, as duas mulheres irão descobrir a amizade entre elas e se confrontar com as contradições dos homens.

Durante todo ano, a Estação Cabo Branco se tornou parada fixa para conhecer um pouco da França. O projeto é uma parceria entre a Cinemateca da França e a escola de idiomas Aliança Francesa na Paraíba. Em 2010 foram exibidos uma vez por mês, filmes de diferentes diretores, que contam histórias de encontros que mudaram a vida de seus personagens. Todos os filmes foram legendados e acontece um debate ao final de cada exibição. O ‘Cine Estação França’ teve início na Estação Ciência desde ano de 2009, com uma grande participação dos amantes do cinema e público em geral.

O diretor geral da Estação Cabo Branco Ciência e Cultura, Fernando Abath, comentou que um dos objetivos do Cine Estação é apresentar e divulgar a cultura de outros países com abrangência e diversidade de público possível, dentro da nossa missão que é difundir e popularizar a ciência, a cultura e as artes para a inclusão social.

“O projeto Cine Estação França é um projeto memorável porque é cultural e também educativo e sem dúvidas conhecer mais da cultura francesa, já há dois anos tem sido memorável. É uma oportunidade para todos e todas, e os filmes são maravilhosos e imperdíveis”, destacou.