Fluxo de turista cresce mais de 10% na cidade de João Pessoa nos últimos cinco anos

Por Luiz Carlos Lima - em 575

O fluxo de turistas cresceu cerca de 10% nos últimos cinco anos desde que o Prefeito Luciano Cartaxo assumiu a gestão municipal. Os resultados expressivos são frutos de constantes investimentos em setores que impulsionam o turismo como o Centro Histórico da Capital e Praias somados a uma maciça divulgação do destino João Pessoa por todo o Brasil. Assim, a Capital paraibana se consolida como um dos destinos mais procurados dentro do Nordeste e com expectativa de atrair turistas internacionais com a inauguração de um vôo entre a cidade e o continente europeu e o os processos de geminação com idades de países como Argentina e Estados Unidos.

Os dados do aumento no número de turistas foram divulgados na pesquisa anual do desempenho do turismo na Região Metropolitana de João Pessoa e foram coletados pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba. Além de registrar um constante aumento no fluxo de turistas, a pesquisa aponta que o mês de janeiro de 2017 foi o que mais registrou a passagem de visitantes pela Capital nos últimos oito anos. Em janeiro de 2017 foram registrados 146.877 turistas, enquanto no mês de 2016 foram 141.542.

Para o secretário de Turismo da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Fernando Milanez, o momento é de crescimento para o turismo da Capital. “Temos um aumento real neste número e devemos creditar isso à coragem do prefeito Luciano Cartaxo. Ele teve a sensibilidade de olhar o Centro Histórico como um local para fomentar cultura e turismo. O Parque da Lagoa e as intervenções no Centro Histórico foram cruciais para destacar o destino da Capital”, disse.

Atrativos locais – A gestão do Prefeito Luciano Cartaxo percebeu a importância do setor turístico para a economia da cidade e tem realizado grandes investimentos, que mudaram a cara da Capital paraibana. As construções, reformas e intervenções de melhoramento do Centro Histórico, incluindo a Lagoa, Praça da Independência, Parque Casa da Pólvora, Praça da Pedra, Praça João Pessoa, Praça 1817 e Hotel Globo já ultrapassam os R$ 40 milhões.

Além do valor histórico da cidade – João Pessoa é a segunda capital mais antiga do Brasil -, as belezas naturais também constituem um forte apelo para os turistas. Na divulgação da Capital, a Secretaria de Turismo da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) foca em três potenciais: o turismo religioso, o roteiro sol e mar e atrações históricas.

Estrutura – Outra novidade importante para o desenvolvimento turístico de João Pessoa foi à inauguração, há um ano, do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) que funciona em frente ao Hotel Tambaú. O local é um instrumento importante para divulgar os atrativos disponíveis na cidade para o turista e informá-lo sobre como localizar determinados serviços.

O CAT foi dividido em seis boxes que devem ser ocupados por órgãos ligados ao turismo ou que podem de alguma forma dar suporte a atividade turística. No local, o turista terá acesso a mapas, material de divulgação de estabelecimentos como restaurantes e bares e informações sobre passeios. O CAT está localizado estrategicamente em um local tradicionalmente com grande circulação de turistas.