Francês Serge Huot abre exposição inédita na Estação Cabo Branco

Por - em 53

“Cidades Emersas” é o título da exposição que o francês Serge Huot abre nesta sexta-feira (13), às 18h, no segundo pavimento da Torre Mirante da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no altiplano. A exposição permanece no local até o dia 9 de agosto, sempre de terça a sexta-feira, das 9 às 21h, e sábado e domingo das 10h até 21h. A entrada é aberta ao público.

Serge Huot é radicado na Paraíba há cinco anos. Atualmente, reside na Praia de Arapuca, vizinha à praia de Tambaba, no município do Conde (PB). Lá, mantém um ateliê que ele chama de “Arapuca Arte Residência”, uma espécie de laboratório alquímico no qual realiza experiências sensoriais e estéticas.

A exposição “Cidades Emersas” foi composta a partir da coleta de materiais trazidos pelo mar. São tecidos, isopor e demais objetos deixados pelos banhistas na praia. “A inspiração vem do mundo urbano no contexto natural. Eu pego as sobras, os dejetos que acabam na beira da praia, e os reutilizo para questionar: o que estamos fazendo com nós mesmos?”, pergunta Huot.

Nesta exposição, inédita, o visitante vai encontrar quatro painéis, uma instalação, uma escultura, cinco esculturas em módulos e um vídeo mostrando o processo de formação das ondas do mar. Segundo ele, as cidades emersas são um sonho lúcido de uma humanidade melhor, que o artista concretiza por meio dessa materialidade vulgar, impregnada de histórias. “A ideia de Huot é denunciar questões de ordem social e urbana, uma vez que sua ação está fundamentada na prática da arte ambiental”, comentou o artista plástico e arte-educador Sidney Azevedo, que assina o texto de abertura da exposição.

Sobre o artista – Serge Huot manteve uma privilegiada convivência com o crítico francês e filósofo da arte Pierre Restany, entre os anos de 1996 e 2003, cujo pensamento da natureza integral influencia até hoje suas pesquisas e ações artísticas, em que a arte e a vida se encontram e se harmonizam em conexões indissociáveis.

Começou nas artes plásticas e visuais em 1989, na Escola Experimental de Arte. É formado em comunicação oral na Universidade Loius Luére, em Lyon, na França, e em história da filosofia pela Universidade Popular de Romans (França). Sua primeira exposição individual, intitulada “Arquétipos”, foi na Galeria Gaiart em Marseille. Desde então, não parou mais de criar e expor seus trabalhos. O artista já participou de várias coletivas no Brasil, França, Itália, Turquia e Alemanha.

Em 2007, deu início ao projeto residência de Arte no Brasil – Arapuca Arte Residência – Arte e Vida, no Litoral Sul da Paraíba. Na área de pedagogia, atuou como presidente da ONG “Leão do Norte”, em que desenvolveu o projeto de intercâmbio cultural e produção entre Brasil e França, com a criação da residência artística na região de Drôme. Apesar de residir na Paraíba, esta é a primeira vez em que ele expõe em João Pessoa (PB).

SERVIÇO:

Exposição “Cidades Emersas”

Expositor: Serge Hout

Abertura: 13 de julho (sexta-feira)

Hora: 18h

Local: Segundo pavimento da Torre Mirante da Estação Cabo Branco

Informações: 3214.8270 – 3214.8303 – 3252.1639 – 8828.8222.

Twitter: @estacaocb

Contato para a imprensa

Serge Hout

Fone: 9156-7900

Email: huotserge@yahoo.fr

Curadoria: Sidney Azevedo

Fone: 8882.7239