Frota de veículos eficientes cresceu 15 vezes em cinco anos

Por - em 17

A frota de veículos eficientes em João Pessoa cresceu 15 vezes nos últimos cinco anos. Em 2005, existiam apenas 7 ônibus adaptados e hoje o número já chega a 99. Nesta terça, primeiro de junho, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) vai entregar mais seis unidades deste tipo, o que totalizará 105 ônibus para garantir a mobilidade e acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção e deficientes visuais.

Estes ônibus são adaptados com elevadores, para permitir o fácil acesso a cadeirantes. Além disso, as portas são mais largas (medem um metro e 10 centímetros, enquanto que os ônibus convencionais têm apenas 90 centímetros), contam com cadeiras mais largas, destinadas a mulheres grávidas e pessoas obesas; corrimãos especiais para deficientes visuais, sinal de parada com escrita em Braile e um dispositivo que só possibilita a partida após as portas estarem completamente fechadas. Além disso, os veículos são zero quilômetro, possuem novo design e motorização eletrônica que causa menos poluição ao meio ambiente.

Em 2005, apenas 1,7% da frota de ônibus de João Pessoa era do tipo adaptado. Este número subiu para quase 25% em cinco anos, graças ao empenho do município de assegurar o direito ao transporte e à política de acessibilidade à qual a gestão tem se preocupado.

Dos 435 ônibus da frota média diária, os 105 vieram para substituir os veículos mais antigos, promovendo a renovação contínua da frota. A política adotada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa em relação à renovação dos veículos é a de que os novos veículos priorizem os ônibus eficientes.

A renovação da frota faz parte do programa de melhoria do sistema de transporte urbano e é possível a partir de um Termo de Compromisso firmado pelas empresas de transporte junto à STTrans, no qual prevê o aumento da tarifa perante melhorias nos veículos, paradas de ônibus e abrigos. “A mobilidade urbana e o transporte público de qualidade são grandes objetivos seguidos pela STTrans. Ao longo destes cinco anos, a frota de veículos acessíveis cresceu muito e nossa meta é que ela cresça ainda mais”, assegurou a superintendente Laura Farias.