Funcionários II recebe academia e Estação do Livro nesta sexta

Por - em 31

A população do Funcionários II vai ser contemplada com a entrega de dois equipamentos sociais: uma academia ao ar livre e uma Estação do Livro, localizadas na Praça Bela, que serão inauguradas nesta sexta-feira (7), às 17 h, pelo prefeito Luciano Agra. A instalação dos novos equipamentos faz parte da política desenvolvida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) de valorização e promoção da qualidade de vida do pessoense e da disseminação da leitura em espaços públicos.

Com a nova academia ao ar livre, a sétima entregue pela gestão, a administração municipal incentiva a prática de exercícios físicos diários, estimulando os moradores do bairro para a prática de hábitos saudáveis. A academia será composta de dez equipamentos (simuladores de corrida, caminhada e cavalgada, rotação vertical, pressão de pernas, esqui, alongador e multi exercitador). O investimento foi de R$ 22 mil.

A Prefeitura vai disponibilizar profissionais do projeto Vida Saudável para auxiliar a população na hora de realizar as séries de exercícios. Eles farão o acompanhamento das atividades físicas na praça, nos horários das 5h30 às 8h30 e das 16h às 18h, de segunda à sexta. Outras academias iguais a do Funcionários II estão instaladas no bairro do Rangel, 13 de Maio, Mangabeira, Funcionários I, Bancários e Manaíra.

Estação do Livro – A Estação do Livro, na Praça Bela, é a quarta entregue pela administração municipal num período de dois meses. Já foram contemplados os bairros do Castelo Branco (Praça Nossa Senhora da Paz), Alto do Mateus ( Praça das Mangueiras) e o Rangel (Praça da Amizade), cujo equipamento foi inaugurado na quarta-feira (5). Desta vez a comunidade beneficiada é o bairro do Funcionários II.

Assim como as demais, o espaço que irá funcionar na Praça Bela terá um acervo de 300 exemplares, para empréstimos à comunidade, onde qualquer pessoa pode ir à Estação do Livro, preencher um cadastro e fazer o empréstimo sem nenhum custo. Após a leitura, o morador retorna à Estação, devolve o exemplar e faz um novo empréstimo. Com este rodízio, todos terão a oportunidade e direito de leitura.

A ‘Estação do Livro’ é uma iniciativa pioneira no Estado, realizada através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), e tem como objetivo difundir a leitura em espaços públicos, a exemplo das praças. O projeto foi iniciado no mês de março e desde então já arrecadou cerca de cinco mil exemplares, entre livros didáticos, infantis, profissionais e revistas. O acervo do espaço é mantido com a ajuda da população, que doa o material de leitura que tem em casa e não utiliza mais.

Nas praças, a Prefeitura construiu um ponto para a disposição dos livros e revistas. O ambiente de quatro metros quadrados possui um balcão e prateleiras para expor os exemplares. O local fica aberto das 16h às 20h. A PMJP pretende estender a iniciativa para outros espaços, a exemplo da Praça Lauro Wanderley (Funcionários I); Caju (Bessa); Esperança (Gervásio Maia); Soares Madruga (Valentina); Emerson Lucena (Cristo); Cidade Verde (Mangabeira) e Padre Zé (Padre Zé).