Funjope fará encontro para avaliar os quatro anos do Projeto ‘Paixão de Cristo’

Por - em 31

A Divisão de Artes e Cênicas da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), realiza na quarta-feira (14), às 19h, no teatro Santa Roza, um encontro de avaliação do Projeto Paixão de Cristo, direcionado a profissionais das artes cênicas, após um ciclo de quatro anos em que foram implementadas mudanças significativas na concepção e formato do espetáculo. Outra mudança foi o local do evento, que aconteceu nos três primeiros anos, na Praça Dom Adauto, e, no ano passado, no Parque Solon de Lucena (Lagoa).

Retrospectiva – Em 2005, em caráter especial, a Funjope, sem a possibilidade de realizar licitação a tempo hábil para a realização do evento, decidiu convidar o dramaturgo Diógenes Maciel, o diretor teatral Eliézer Rolim e o diretor musical João Linhares para criar e dirigir o tradicional espetáculo sacro da cidade. Naquele ano, o público pode conferir a bela peça ‘Mistérios da Paixão de Cristo’.

Em 2006, já com a utilização de editais para dramaturgia e encenação, o espetáculo apresentado foi o ‘Cordel da Paixão de Deus’, com texto do dramaturgo Tarcísio Pereira e direção de Duílio Cunha.

Em 2007, a encenação ganhou um caráter circense por conta da direção de Humerto Lopes. O texto, da teatróloga Cely de Freitas, retratou a história milenar religiosa, contada por três lavadeiras.

No ano passado, encerrando o ciclo de quatro anos, o espetáculo ‘Maria Canta a Paixão’, com texto de Luiza Barsi e Helena Madruga, dirigido por Duílio Cunha e Antonio Deol, aconteceu numa estrutura montada na Lagoa, atraindo mais uma vez um significativo público, até de outros estados. Uma das maiores inovações nesses espetáculos foi a valorização dos artistas da cidade.