Funjope lamenta falecimento do Mestre João do Boi

Por - em 38

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) lamenta profundamente a morte do mestre da cultura popular João do Boi. Ele faleceu no domingo (8), em João Pessoa, vítima de câncer na próstata. O artista é uma das principais referências culturais do Bairro dos Novais, muito conhecido por seu espírito brincalhão e pelo jeito despojado com que levava a vida.

Educador nato, João do Boi fundou o seu grupo Cavalo Marinho Infantil em 1967, grupo que resiste ainda até os dias atuais e o de Reis Estrela do Norte, mestrado por seu filho, Pirralhinho.  João do Boi Faleceu logo após a passagem do Dia de Reis, no Hospital Edson Ramalho.

A morte de João do Boi deixa a cultura popular de luto, mas também nos dá a certeza de que sua arte continuará viva. O Cavalo Marinho e o Boi de Reis são representações do auto natalino da morte do boi. No folguedo, as crianças dançam ao som de banjo, triângulo, reco e pandeiro. Nele se apresentam figuras como o Mateus, o Birico, a Catirina, a Margarida, a burra, o urubu, o bode e o boi.