Gênero e raça: CPPM vê parcerias com secretaria do Governo Federal

Por - em 19

A Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM) recebeu, na manhã desta sexta-feira (30), o ministro interino da Secretaria Especial de Políticas da Igualdade de Racial (Sepir), Eloi Ferreira de Araújo. O encontro aconteceu no gabinete da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e teve o objetivo de discutir a possibilidade de parcerias para projetos com recortes de gênero e raça.

“Aproveitamos a vinda do ministro interino à Paraíba para sondar as possibilidades de projetos que trabalhem essas temáticas, com ações que enfrentem todas as discriminações e os preconceitos”, observou a coordenadora da CPPM, Douraci Vieira dos Santos.

O ministro destacou como pautas prioritárias da Sepir, a política de cotas raciais e o Estatuto da Igualdade Racial. “Não abrimos mão da discussão e do termo cotas raciais, isso seria uma derrota para o povo negro. E o Estatuto da Igualdade Racial está hoje para o Brasil como a Lei Áurea estava no século XIX, com a diferença de que hoje não temos gente na rua para mostrar a importância do estatuto”, disse o ministro interino, reafirmando o compromisso do Governo Federal de tratar dos problemas históricos, através de uma nova forma de governar.

Além da coordenadora, estiveram presentes a equipe técnica da CPPM, os secretários de Desenvolvimento Social (Sedes) e Governo e Articulação Política (Segap), Alexandre Urquiza e Antônio Barbosa, respectivamente; entidades do movimento de mulheres representadas por Verônica Lourenço, da Bamidelê – organização de mulheres negras da Paraíba, e Lourdes Meira, da União Brasileira de Mulheres (UBM).

Para Douraci Vieira, a reunião foi positiva por contextualizar a realidade das políticas afirmativas no Brasil, bem como fortaleceu a relação entre Governo Federal e a Prefeitura de João Pessoa no tocante a essas temáticas.

“Tivemos visão das questões centrais das políticas afirmativas. Esse momento foi importante para apresentarmos nossas propostas e estreitarmos a relação entre o município e o Governo Federal para o fortalecimento das políticas com recorte de gênero e raça”. afirmou. Saiu como encaminhamento, também, o apoio da Sepir para ações da Prefeitura nessa área.