Gilberto Gil apresenta show ‘Fé na Festa’ no São João de João Pessoa nesta terça

Por - em 228

O xote, o maxixe e o baião vão tomar conta do Ponto de Cem Réis na noite desta terça-feira (28), com a presença de um dos mais importantes nomes da música brasileira, o cantor e compositor Gilberto Gil, apresentando o show ‘Fé na Festa’, a partir das 22h, dentro da programação do ‘São João de João Pessoa – O Melhor da Gente’, que este ano homenageia o artista paraibano Genival Lacerda pelos seus 60 anos de carreira. Antes, no mesmo palco, às 20h, acontece o show da banda paraibana Forró Caçuá, que traz em seu repertório composições de grandes nomes da música nordestina, a exemplo de Jackson do Pandeiro e Pinto do Acordeon, numa promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

A programação da festa tem início a partir das 17h, com apresentações dos trios de forró ‘Tamborete de Forró’, ‘Aconchego do Forró’ e ‘Forrozeiros do Nordeste’. Em seguida, no palco da cultura popular acontece as apresentações de Penha Cirandeira, Ciranda dos Tupinambás e Coral Vozes da Infância, interpretando músicas de Jackson do Pandeiro.

Fé na Festa – O show de Gilberto Gil traz o mesmo nome de um disco que é inteiramente dedicado aos ritmos nordestinos. Entre as faixas do álbum, que resultou de um DVD gravado em setembro de 2010 sob direção de Andrucha Waddington, merece destaque as composições ‘O Livre Atirador’, ‘26’ – feita para o dia do aniversário do autor, ‘Não Tenho Medo da Morte’ e ‘São João Carioca’, em parceria com Nando Cordel. Neste show, Gilberto Gil será acompanhado pela banda formada pelos músicos Jorge Gomes (zabumba), Artur Maia (baixo), Antonio Ferraguti (sanfona), Gustavo de Dalva (percussão), Sérgio Chiavazzoli (guitarra) e o violinista de formação erudita e jazzística, radicado no Rio de Janeiro, Nicolas Krassik.

Forró Caçuá – A banda, que surgiu no ano de 2002, formada pelos irmãos Zé Moreno (guitarra e vocal), Batista Moreno (violão e vocal) e Damião Moreno (sanfona e vocal), promete animar o público com clássicos da música nordestina, a exemplo de ‘Vida Boa Aperriada’, de Pinto do Acordeon; ‘Espumas ao Vento’, de Acioly Neto; ‘Proibido Cochilar’, de Antonio Barros e Cecéu e ‘Feira de Mangaio’, de Sivuca. O grupo, já com três CDs gravados, intitulados ‘Forró Verdadeiro’ (2002), ‘Hoje é Festa’ (2003) e Forró Caçuá ao vivo (2005), também conta com um DVD gravado em 2008, que traz a participação do sanfoneiro Pinto do Acordeon, considerado um dos ícones da música nordestina.

O guitarrista Zé Moreno falou da expectativa para este show. “É um prazer muito grande pra nós e uma ação inédita na Paraíba, que vive um grande momento na cultura, onde os artistas e grupos locais estão sendo valorizados como merecem, ficando em primeiro plano e isso é muito gratificante. Outra grande emoção é dividir a noite com o mestre Gilberto Gil, considerado um dos maiores nomes da nossa música”.

Cultura Popular – Mais uma vez a cultura popular ganha destaque na programação dos festejos juninos da Capital, trazendo o melhor dos folguedos e ainda um coral formado por crianças. Vale a pena conferir as apresentações de Maria da Penha, mais conhecida como Penha Cirandeira, que é natural de Alagoa Grande (PB) e atualmente é moradora da Praia do Jacaré, na cidade de Cabedelo (PB).  Penha começou a tocar coco e ciranda aos 10 anos, ouvindo o seu pai, José Francisco, que também era cirandeiro. O primeiro canto que aprendeu com o seu pai foi a ciranda ‘Poço da Curimã’. A outra atração da cultura popular é ‘Ciranda dos Tupinambás’, do bairro de Mandacaru, comandada pelo mestre Carbureto. O Coral Vozes da Infância vai fazer uma justa homenagem ao paraibano Jackson do Pandeiro, considerado o ‘Rei do Ritmo’.