Grupo Época de Ouro mostra o melhor do chorinho no Sabadinho Bom

Por - em 63

O grupo Época de Ouro é a atração da edição deste sábado (28) do projeto Sabadinho Bom, que começa ao meio dia, na Praça Rio Branco, no Centro da Capital. O evento, que se tornou uma das mais concorridas opções culturais e de lazer dos finais de semana, é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope) e traz grandes nomes do chorinho paraibano e brasileiro, numa temporada que acontece de setembro a fevereiro.

Criado em 1964 por Jacob do Bandolim, o grupo participou de diversos espetáculos e gravou vários discos, a exemplo de ‘Vibrações’, premiado como o melhor disco instrumental do ano de 1967. Com o falecimento de Jacob em 13 de agosto de 1969, alguns compromissos foram adiados, e os músicos ficaram sem realizar shows até 1972.

Aceitando convite de Paulinho da Viola, o Época de Ouro retomou suas atividades em 1973, quando participou do espetáculo Sarau. A partir daí, nasceu o Clube do Choro, idealizado por Paulinho da Viola e Sérgio Cabral, no instante em que surgia o movimento no País em busca de dar maior amplitude ao Choro.

Em 1977, o grupo lançou o disco ‘Época de Ouro interpreta Pixinguinha e Benedito Lacerda’, produzido por Jorginho do Pandeiro, o que rendeu o prêmio de Melhor Conjunto Instrumental do Ano pela revista Playboy.

Homenagem – Em 1987, o grupo homenageou os 50 anos de carreira do violonista Dino, gravando o LP ‘Época de Ouro Dino Anos’, com participações de Paulinho da Viola, Cristóvăo Bastos e do Maestro Severino Araújo. Já no ano de 1996, após retornar da Alemanha, participou como convidado de gravações dos CDs de Marisa Monte, Elba Ramalho, Ivan Lins e Paulinho da Viola.

Café Brasil é título do CD lançado em 2001, compondo uma mistura entre o Época de Ouro e grandes nomes da música, como Marisa Monte, Paulinho da Viola, João Bosco, Martinho da Vila e Leila Pinheiro. Este trabalho também foi lançado no Japão, onde chegou a marca de 25 mil cópias vendidas naquele país.

Em 2002, vem o CD Café Brasil 2, com a participação de Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Ney Matogrosso, Ivan Lins, Mosca, Arlindo Cruz e Sombrinha, Elba Ramalho, Nó em Pingo D’Água e Lobão.

Com mais de 40 discos gravados entre seus componentes junto com Jacob do Bandolim, a banda gravou no ano de 2010 o CD Feijão com Arroz e reeditou o seu programa de auditório semanal na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, todas as sextas-feiras, sempre com a participação massiva de fãs e ouvintes de todo o País.