Grupos culturais se apresentam no Centro de Atendimento ao Turista neste domingo

Por Fátima Sousa - em 246

Os grupos culturais Iemanjá Dodê (Paratibe) e o Reaprendendo a Viver (José Américo) se apresentam neste domingo (22) no Largo da Gameleira, na Praia de Tambaú, dentro da programação do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), da Secretaria Municipal de Turismo (Setur). Com início às 16h, os grupos exibirão danças da cultura popular e afro-brasileira para turistas e visitantes locais.

A ação é desenvolvida numa parceria com a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e visa, entre outros objetivos, transformar o CAT num ponto de concentração de turistas durante sua visita por João Pessoa. “A nossa proposta está dando um resultado muito positivo”, revela o secretário adjunto da Setur, Graco Terceiro Neto. A programação se encerra no dia 29, com a apresentação do Coco Atalaia, de Forte Velho (Cabedelo).

Iemanjá Dodê – Formado por 30 integrantes, o Iemanjá Dodê foi fundado no ano 2008 em Paratibe. Segundo um dos coordenadores, o babalorixá Geraldo Marcelino de Oxossi, o grupo tem, entre outros objetivos, a função de retratar e resgatar a cultura afro-brasileira através de danças, cantigas e muitos outros elementos culturais. O grupo também é coordenado pelo babalorixá Sebastião Soares de Iemanjá.

Há oito anos o grupo vem oferecendo à comunidade um pouco desse trabalho. “Trabalhando com crianças e adolescentes, tratando do enfrentamento às discriminações e a violência, principalmente com a juventude negra e LGBT de terreiro”, afirmou o babalorixá.

Reaprendendo a Viver – O grupo da terceira idade Reaprendendo a Viver é formado por vinte idosos e idosas do bairro José Américo. A proposta do grupo é divulgar a cultura popular através da dança, em especial o xaxado nordestino.