Guarda Municipal de JP forma agentes em Direitos Humanos

Por - em 27

O que queremos com esse curso é melhorar a qualidade do serviço que já é prestado à população da Capital, pois estabelecemos como meta ser a melhor Guarda Municipal do Brasil e estamos nos capacitando para isso”. Esta foi a afirmação feita pelo superintendente da Guarda Municipal de João Pessoa, José Bernardino, durante a entrega, nesta quarta-feira (8), dos certificados de conclusão de mais uma turma do I Curso de Direitos Humanos, Conduta Ética, Técnica e Legal. A solenidade foi realizada na sede da Superintendência.

O curso teve carga horária de 10 horas/aula e, em dois dias, segundo o superintendente, abordou assuntos relativos a área do Direito. “Falamos sobre a Lei Maria da Penha, Estatuto do Idoso, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), direitos e garantias fundamentais do cidadão e de uma série de assuntos que são do dia-a-dia da Guarda Municipal”, disse Bernardino, que antes da entrega dos certificados ministrou palestra sobre o “Perfil do Profissional para o Mercado Atual”.

As aulas foram ministradas pela advogada Cecílie Oliveira Medeiros para uma turma de 25 homens que teve acesso a noções de Direitos Humanos, individuais, coletivos, sociais, políticos e de nacionalidade, além de segurança pública, origem da Guarda Municipal, código de ética, crime de tortura, dentre outros. “O curso é uma troca de conhecimento muito importante que vai ajudar na vida profissional do guarda municipal, pois eles vão saber dos direitos, deveres e atribuições, além da importância de interagir com a comunidade ”, disse Cecílie Oliveira. O guarda Aldemir da Costa Silva, que participou do curso, avaliou que a qualificação valoriza o trabalho da Guarda Municipal. “Com esse curso vamos poder prestar melhores serviços à comunidade”, afirmou.
Trabalho permanente – A capacitação dos guardas municipais vai continuar e será feita com todo o contingente de 600 homens. A próxima turma começa quarta-feira (15). “Além do curso, também oferecemos informática, vamos fazer treinamento operacional de rapel, direção defensiva para os que têm habilitação, primeiros socorros e, em 30 dias, iniciaremos um trabalho de combate ao uso de drogas, com uma equipe da Guarda que será treinada pela Polícia Federal. Essa equipe vai conscientização todos os profissionais da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) sobre os perigos das drogas”, disse José Bernardino.