Guarda Municipal forma 30 novos agentes comunitários

Por - em 28

Trinta novos integrantes da Guarda Municipal (26 homens e quatro mulheres) receberam na manhã desta quinta-feira (15) o certificado do curso de formação para atuarem como guardas comunitários, cuja missão é minimizar os índices de violências nos bairros de João Pessoa, num trabalho executado em parceria com os moradores dessas localidades.

A entrega dos diplomas aconteceu no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), presentes o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), secretários municipais, representantes das polícias Civil e Militar, familiares dos formandos e do efetivo da Guarda Municipal. Durante a solenidade, foi assinado o decreto que regulamenta o novo uniforme da corporação. Os recém-formados irão atuar no Condomínio Residencial Gervásio Maia.

A formatura teve início com o hasteamento das bandeiras nacional, estadual e municipal. Em seguida, a Banda 5 de Agosto executou os hinos nacional e de João Pessoa e os agentes fizeram o juramento e receberam os certificados.

Segurança e cidadania – Em seu discurso, o prefeito Ricardo Coutinho lembrou que segurança deve ser feita com cidadania, cuidando das pessoas, respeitando a população e fazendo intervenções nos mais variados setores da sociedade, como a saúde e educação. “Estamos construindo novas escolas de qualidade e as pessoas começam a perceber a mudança, pois houve este ano um acréscimo de 10 mil alunos. Com relação à saúde é preciso ter estrutura para atender as pessoas. Devemos lembrar que a iluminação de uma cidade também auxilia na segurança pública, a criação de praças também diminui as tensões sociais. Isso também é fazer segurança pública”.

O prefeito ressaltou ainda a presença feminina na corporação. “As mulheres entram na Guarda Municipal dentro de uma política de gênero que a gestão tem implantado em seus diversos setores. Com isso, a mulher tem seu espaço para desempenhar sua profissão. Isso é um ato de cidadania”, disse. Por fim, Ricardo parabenizou todo o efetivo da Guarda e disse esperar que esse novo conceito de segurança comunitária possa avançar e traga resultados concretos para toda a população pessoense.

Renovação – Já o superintendente da Guarda Municipal, coronel Maquir Cordeiro, avaliou o momento como de extrema importância para a corporação e a comunidade, pois o último curso de formação para agentes aconteceu em 1992. “Era necessária uma renovação e agora contamos com mais 30 integrantes que vão trabalhar diretamente com a comunidade para minimizar o problema da segurança pública. Espero que estejam sempre a serviço da população, auxiliando todos com segurança e respeito”, destacou.

O curso de formação para os agentes da Guarda Municipal teve um total de 150 horas/aula. Os 30 guardas receberam instruções sobre direitos humanos, cultura da paz, questões de gênero, noções de direito aplicado, direitos fundamentais, policiamento comunitário, doutrina de guarda municipal, técnicas de policiamento, defesa pessoal, movimentos comunitários, ética profissional, direitos dos idosos e das crianças, direitos da comunidade, prevenção ao uso de drogas, proteção ambiental, informações turísticas, mídia e violência atendimento pré-hospitalar e atividades das secretarias envolvidas com políticas sociais.