Humanização do trânsito: STTrans envolve empresas de ônibus de JP

Por - em 38

Dentro da proposta da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) de humanização do trânsito, a Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) iniciou nesta quarta-feira (28) uma série de visitas às empresas que prestam serviços de transporte coletivo urbano na Capital. O objetivo das reuniões é engajar os motoristas e operadores nas campanhas desenvolvidas pelo órgão de trânsito na cidade, a exemplo da travessia da faixa de pedestre. A primeira visita foi realizada na empresa Mandacaruense e contou com a participação do teatro de bonecos da STTrans.

A equipe de Educação para o Trânsito do órgão está realizando vistas às empresas, com o intuito de envolver ainda mais os motoristas de ônibus e operadores do sistema no programa de travessia de pedestres, iniciado em 2005. Numa primeira avaliação do programa feita naquele ano, foi constatado que 92% dos motoristas de ônibus respeitavam a preferência do pedestre que estava na faixa, esperando a parada dos veículos para fazer a travessia com segurança.

Durante a visita, os educadores da STTrans fazem palestras e distribuem material educativo aos motoristas com o tema focado na importância do respeito ao pedestre na faixa, como forma de tornar o trânsito da Capital cada dia mais humano e seguro para todos. “Essa mudança que nós queremos promover através da educação irá resultar na redução de acidentes, muitas vezes fatais, que vitimam milhares pedestres em nosso País todos os anos”, comentou a superintendente da STTrans, Laura Farias.

O teatro de fantoches da STTrans também está participando das visitas. Os bonecos ‘Clara’, ‘Linda’, ‘Verde’ e o ‘Guarda de Trânsito’ encenam um espetáculo que chama a atenção para a necessidade daquele público colaborar com a campanha de travessia da faixa de pedestre. Usando o bom humor, os fantoches ainda explicam como essa colaboração pode ser feita.

“Esse envolvimento dos motoristas de ônibus, taxistas e condutores de veículos escolares, que têm o automóvel como instrumento de trabalho e circulam todos os dias pelas ruas da cidade, é imprescindível para o sucesso do programa de travessia de pedestre que tem mudado sensivelmente o comportamento de condutores de veículos e pedestres na cidade”, comentou a superintendente.

A gerente da Divisão de Educação para o Trânsito da STTrans, Erenilda Queiroz, disse que a intenção é reacender esse comportamento de respeito ao pedestre por parte dos motoristas de ônibus da cidade. “O maior pode ser o melhor na humanização do trânsito”, disse Erenilda. Nos próximos dias, as demais empresas do setor receberão a visita da equipe.