Idosos atendidos pela Prefeitura comemoram ‘carnaval fora de época’

Por - em 86

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e Instituto de Previdência do Município (IPM) realizou nesta quarta-feira (29), a festa de carnaval da melhor idade do Sesc Centro. O evento faz parte do calendário temático programado para todo o ano com o objetivo de festejar datas tradicionais, a exemplo do carnaval, e integrar os grupos de idosos da cidade de João Pessoa.

Segundo Nilsonete Gonçalves, coordenadora do Programa de Atenção a Pessoa Idosa (Papi), mais de mil pessoas participaram da festa, que contou com concurso de fantasias e a participação de uma orquestra de frevo. “A festa uniu os 53 grupos de idosos cadastrados na Sedes, os grupos do IPM, da Secretaria Municipal de Saúde, do próprio Sesc, além de grupos independentes”, citou.

A coordenadora acredita que resgatar as tradições e integrar as pessoas da melhor idade traz benefícios e qualidade de vida para todos. “As atividades desenvolvidas em atenção à pessoa idosa na comunidade trazem inúmeros benefícios à saúde física e mental dos idosos, mas quando socializamos essas pessoas, integrando-as com outros grupos, fazendo com que eles conheçam novos colegas, melhora ainda mais”, revelou.

Para Inês da Conceição, vencedora do concurso de fantasia mais original, com a roupa reciclada com tecidos usados em guarda-chuva, contou que há quatro anos participa do grupo de idosos de Mangabeira, bairro onde mora. “Eu admiro muito o trabalho realizado no local e participo das palestras educativas, passeios, atividade física, entre outras coisas”, disse.

Muito animada e vestida com a fantasia de nega maluca, Nelma Lins, afirmou que participa ativamente do grupo de idosos de Mangabeira há dois anos. “Gosto de fazer novas amizades e de participar de festas como esta, pois ao invés de ficar em casa pensando besteira, só tenho tempo para me ocupar com coisa boa”, falou.

Gercina Lustosa já está acostumada com o dia-a-dia das programações do grupo em que participa, pois está integrada as atividades há 16 anos. “Eu só tenho a agradecer a Deus por ter essa oportunidade e não deixo de jeito nenhum, nunca mais. Vou lá ficar arrumando gaveta e lavando o chão, eu quero é aprender coisas novas, conhecer novas pessoas, dançar e me divertir”, refletiu a ganhadora da fantasia mais ‘fashion’, em homenagem ao Brasil, com as cores da bandeira.

Cuidados com o Idoso – O Programa de Atenção a Pessoa Idosa (Papi) é realizado pela PMJP, por meio da Sedes e atende hoje 3.200 idosos nos centros de cidadania e casas comunitárias espalhados pelos bairros de João Pessoa. De acordo com Nilsonete Gonçalves, ao todo são 53 grupos cadastrados que oferecem atividades físicas, recreativas, de lazer, sócio-culturais, educacionais, de atenção e cuidados básicos de saúde para a população da melhor idade.

Para participar é necessário apenas ter a idade mínima de 60 anos e o interesse ou necessidade. Nilsonete explica que quem quiser fazer parte de um dos grupos basta procurar o mais próximo de sua comunidade. “Quem não conhecer ou não souber onde fica o grupo mais próximo pode procurar a coordenadoria do programa na sede da Sedes, ou buscar informações nos centros de cidadania. Existem grupos com 100 pessoas e outros com 25, o que importa é o interesse do idoso em participar”, contou.