Iluminação pública: Prefeitura vai ampliar rede na próxima semana

Por - em 54

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) inicia, na próxima semana, a ampliação da rede de iluminação pública da Capital. O projeto objetiva a eficientização energética em parceria com a Eletrobrás e a Chesf. O convênio prevê investimentos na ordem de aproximadamente R$ 2 milhões, dentro do Programa Nacional de Iluminação Pública e Sinalização Semafórica Eficiente (Procel Reluz). Os primeiros bairros beneficiados serão o Varadouro, Castelo Branco e Bancários. O projeto de eficientização deverá ser concluído em um ano.

De acordo com João Azevedo, secretário de Infra-Estrutura (Seinfra), as primeiras vias trabalhadas serão a Avenida Gouveia Nóbrega, no Varadouro, com a instalação de 26 pontos de luz; a Rua José S. Navarro, no Castelo Branco, com 36 pontos, mais as avenidas João Rodrigues, Sérgio Guerra e Walfredo M. Brandão, no Bancários, que somados chegam a 144 pontos instalados.

Posteriormente, vem a implantação de instalações nas avenidas Cajazeiras, no Bairro das Indústrias (52 pontos); Artur M. Paiva, no Bessa (82 pontos), Engenheiro Elson Gouveia Falcone, no Colinas do Sul (76 pontos); Pedro II, no Centro/Universidade Federal da Paraíba (974 pontos); Panorâmica, no Altiplano Cabo Branco (48 pontos) e Avenida das Indústrias, no Bairro das Indústrias (48 pontos).

O secretário informa que João Pessoa será um dos primeiros municípios do Brasil onde o Procel Reluz financiará a substituição de lâmpadas incandescentes de 100w por leds (light emiting diode). Serão 1.528 pontos de sinalização semafórica em 140 cruzamentos. “Essa ação permitirá uma economia de até 70% no consumo de energia”, explicou. Os leds suportam 10 mil horas de iluminação constante, o que reduz os custos de manutenção.

O convênio entre a PMJP, Eletrobrás e a Chesf promoverá a expansão da iluminação pública para 612 pontos da cidade, instalação de 14 transformadores, implantação de 1,31 quilômetros de rede de 13,8 quilowatts e mais 11,82 quilômetros de rede de distribuição de 380 volts.

A Prefeitura iniciou as obras de melhoria na iluminação pública do Projeto Reluz, parceria entre o município e a Chesf, em novembro de 2006. Nessa etapa foram feitas melhorias nos grandes corredores, gerando uma redução superior a 40% no consumo de energia elétrica, o que representou uma economia de aproximadamente R$ 1,38 milhão para os cofres públicos.