Inclusão: arte e cultura tomam conta da Praça Pedro Américo

Por - em 46

Muita animação na praça Pedro Américo na manhã desta sexta-feira (21). Crianças e jovens que são atendidos pelo Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoas com Deficiência (CRMIPD) mostraram através da arte e cultura todo o seu potencial e encantaram o público presente. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Desenvolvimento Social ( Sedes). A mostra faz parte das comemorações do Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Alexandre Urquiza, secretário de Desenvolvimento Social, disse que o evento era muito importante para dar visibilidade aos trabalhos desenvolvidos com as pessoas que são atendidas no Centro de Inclusão. “Esta mostra que acontece hoje aqui é de extrema importância porque mostra à sociedade que estas pessoas têm suas potencialidade, o que falta é mais oportunidades para elas. O atendimento prestado pelo nosso centro se resume a uma palavra: inclusão. Todas as ações que são desenvolvidas se fazem neste sentido o de incluir, agregar, dar oportunidade”, disse.

Claudete Gomes, coordenadora administrativa do CRMIPD, afirma que este foi um dia muito importante para todos que participam do Centro. “Estamos exaltando o que essas vêm produzindo. Sabemos que o preconceito existe, mas se dermos oportunidades a estas pessoas elas têm plena condição de desenvolver qualquer atividade”, afirmou.

O evento foi aberto pelo grupo de música do CRMIPD. Em seguida, meninos e meninas do circo-escola Pirilampo mostraram toda a magia do circo em números de malabarismo e dança. Os jovens atendidos pela Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de João Pessoa (Apae) mostraram toda a desenvoltura na apresentação da tradicional dança nordestina, o xaxado. Logo depois, subiu ao palco o grupo de percussão “Somos Iguais” também da Apae.

Inclusão- O CRMIPD foi implantado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em 2005, através de uma ação intersetorial integrada da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria de Saúde (SMS) e Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Sedec). Atualmente atende 160 crianças e adolescentes de 0 a 25 anos com deficiência, distúrbio de comportamento ou de aprendizagem.

O Centro visa a habilitação e a reabilitação através de serviços como médicos, psicológicos, fonoaudiológicos, terapias, musicoterapia. Possui ainda binquedoteca, teatro e oficinas psicopedagógicas. Para ter acesso aos serviços oferecidos pelo centro é necessário marcar uma triagem inicial, através do telefone ou pessoalmente. O CRMIPD fica localizado na Ladeira de São Francisco, 363, Centro, o telefone é o 3214-1042.