Inscrições para o Empreender começam no dia 12 de fevereiro

Por - em 29

As inscrições para o Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP) começam no próximo dia 12 de fevereiro e vão até o dia 31 de março, no horário das 10h às 16h. A expectativa é de que este ano sejam investidos cerca de R$ 3,5 milhões na abertura, expansão ou modernização de pequenos negócios na capital, beneficiando mais de 2,5 mil pessoas

Os interessados em obter os financiamentos devem procurar a sede da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp), localizada na Avenida Cardoso Vieira, 85, no Bairro do Varadouro. De acordo com o secretário Raimundo Nunes, a inscrição não implica na concessão de empréstimo. Haverá uma seleção que obedecerá aos critérios estabelecidos pela lei que criou o Fundo Empreender, disse.

Requisitos – Segundo o secretário, os inscritos serão submetidos a cadastramento previamente agendado no momento da inscrição e se submeterão a uma seleção eliminatória, onde serão avaliados a viabilidade de mercado, conhecimento mínimo da atividade, gozar de bom conceito social, demonstrar aptidão empreendedora e ter o seu Plano de Negócio aprovado pelo Comitê Gestor do Fundo Empreender.

Gerando renda – O Empreender-JP é o programa permanente de crédito orientado do Governo Municipal de João Pessoa. O objetivo é promover a geração de emprego, renda e a inclusão social. É também a modalidade de empréstimo com a menor taxa de juros do mercado atualmente. Ele foi criado em abril de 2005, mas a primeira liberação de crédito só aconteceu em julho daquele ano.

O programa já liberou 3.569 cheques movimentando o mercado local com a injeção de R$ 7.480.059,98. Estão incluídos nestes valores os empréstimos direcionados ao projeto Cinturão Verde, linha de crédito destinada aos agricultores. O sucesso da iniciativa do governo municipal tem chamado a atenção de diversos municípios brasileiros.

Representantes das cidades de Osasco (SP), Recife e Olinda (PE), Coari, Maués e Manaus (AM) já visitaram João Pessoa para conhecer o modelo do programa de microcrédito que despertou elogios de membros da Organização das Nações Unidas (ONU).

A iniciativa, que prevê a concessão de crédito de até dez salários mínimos com juros de 0,9% ao mês à população de baixa renda e microempreendedores, foi indicada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um dos principais produtos a serem apresentados na ‘Feira de Conhecimento de Experiência de Desenvolvimento Humano’,