Inscrições para o FMC podem ser realizadas até o fim do mês

Por - em 12

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) informa que o prazo de inscrições para o Fundo Municipal de Cultura (FMC) foi prorrogado até o dia 30 de novembro. Este ano, o investimento é de R$ 1,2 milhão, destinados a projetos culturais idealizados na Capital. As inscrições serão realizadas de segunda a sexta-feira, no horário das 9h às 11h30, e das 14h às 17h horas, no Protocolo Geral da sede da Funjope, situada na Rua Duque de Caxias, nº. 352, no Centro da Capital.

De acordo com o edital, também serão aceitas inscrições via Correios, postadas até a terça-feira (30), como encomenda normal ou Sedex, com aviso de recebimento (A.R.) e encaminhadas ao endereço da Funjope.

O edital, assim como o formulário padrão, se encontram disponíveis no Portal da Prefeitura Municipal de João Pessoa (www.joaopessoa.pb.gov.br, link Funjope/Fundo Municipal de Cultura).

Vale salientar que não é permitida a inscrição de integrantes das Comissões de Análise de Mérito Artístico-Cultural deste edital, nem servidores pertencentes aos quadros de funcionários da Prefeitura do Município de João Pessoa, conforme o teor da vedação estabelecida no Estatuto dos Funcionários Públicos do Município (Lei Municipal 2.380, de 26 de março de 1979, Capítulo IV).

Incentivo – Conduzido pela Funjope, o FMC já patrocinou 175 projetos nos últimos três editais, em 11 áreas culturais, num investimento total de R$ 2,4 milhões. “A política cultural deve ser valorizada em todos os aspectos, não só para que as pessoas tenham mais acesso à cultura, mas também para que possamos mostrar aquilo que somos, o nosso caráter, o nosso jeito de viver e ver o mundo. É isso o que busca o turista que visita a nossa cidade, principalmente o estrangeiro”, ressaltou Luciano Agra.

FMC – O fundo foi instituído em de dezembro de 2001, por meio da Lei nº 9560, com regulamentação do Decreto nº 4469/2001. A partir daí, passou a ser um fundo de incentivo financeiro, e não mais um mecenato. O total de projetos contemplados nos editais públicos de 2006, 2008 e 2009 se divide em diferentes áreas, sendo 37 de artes cênicas, 36 de música, 35 de cultura popular, 25 de artes visuais, 15 de audiovisual, 12 de literatura, sete de multi áreas, três de dança, dois de artes plásticas, um de fotografia, um de biblioteca e um de mídia eletrônica.