Inventário da Oferta Turística: começa pesquisa de campo em JP

Por - em 15

A Secretaria de Turismo (Setur) de João Pessoa iniciou esta semana a pesquisa de campo para construção do Inventário da Oferta Turística de João Pessoa. Mais de cem estudantes estarão participando do projeto que vai contar com a coordenação de professoras da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e do Instituto Ensino Superior da Paraíba (Iesp). A coleta de dados foi iniciada na segunda-feira (20), na praia do Cabo Branco. O trabalho deve ser finalizado em dezembro.

A apresentação do projeto de Inventário turístico de João Pessoa foi feita na sexta-feira (17) aos colaboradores, professores e empresários do setor, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. De acordo com o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Junior, o projeto faz parte do planejamento e gestão regional, que tem como objetivo desenvolver 65 destinos indutores, entre eles João Pessoa. Ele explica que o modelo utilizado para compor o Inventário da Oferta Turística de João Pessoa é único adaptado em todo o País.

O que é – A inventariação da oferta turística é um processo em que se registra ordenadamente o conjunto dos atrativos turísticos, dos equipamentos e serviços e da infra-estrutura de apoio turístico existentes no mercado e em pleno funcionamento. Esse processo tem por objetivo resgatar, coletar, ordenar e sistematizar dados e informações sobre as potencialidades dos atrativos turísticos e das ofertas local e regional.

A inventariação também permitirá compor um conjunto de informações relacionado à cadeia produtiva do turismo e integrado ao Banco de Dados do Sistema de Informações Turísticas do Programa de Regionalização. Tudo será armazenado e atualizado para que as diferentes instâncias governamentais e o setor privado possam utilizar no planejamento das políticas de atuação, ações de qualificação e recursos necessários ao desenvolvimento do turismo na região e para estabelecer prioridades quanto aos investimentos privados em áreas potenciais e economicamente viáveis.

Mapa turístico – As informações contidas no Inventário Turístico fundamentais para a promoção do destino vão compor o novo mapa turístico da região, do Estado e do País. O inventário deverá conter os mais diversos elementos da oferta turística transformados em informações colhidas por meio de questionários e observação dos pesquisadores. Serão visitados atrativos existentes na região (naturais, culturais, atividades econômicas, realizações técnicas e científicas e artísticas, eventos programados); os serviços e equipamentos turísticos (de hospedagem, alimentação, agenciamento, transporte, eventos, lazer e entretenimento etc.), mais a infra-estrutura de apoio ao turismo.

O trabalho envolve ainda as instâncias de governança existentes na região (órgãos estaduais, regionais e municipais de Turismo, conselhos e comitês, representações etc.). Três vezes por semana, acompanhados de professores, os alunos irão a campo coletar informações. Nos outros dias, trabalharão na inclusão dos dados no Invitur, software para armazenamento das informações.

A cidade de João Pessoa está entre os 65 destinos indutores do Ministério do Turismo a iniciar a construção do ‘Inventário da Oferta Turística’. De acordo com o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Junior, o levantamento é instrumento fundamental para a elaboração de estratégias de crescimento e a construção do Plano Diretor de Turismo. “É uma radiografia dos equipamentos turísticos da cidade”, esclarece.