Inventário turístico da Capital tem início na próxima sexta-feira

Por - em 30

As atividades para composição do ‘Inventário da Oferta Turística’ de João Pessoa vão ser iniciadas esta semana, com o lançamento do projeto na próxima sexta-feira (17), às 18h, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. Na solenidade haverá a apresentação dos estudantes-pesquisadores, professores e coordenadores da pesquisa que começa no dia 20 deste mês. Duas instituições de ensino superior – a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e o Iesp – apóiam o projeto, que tem como convidados empresários e colaboradores da atividade turística na Paraíba.

Foram selecionados 100 alunos dessas universidades, que participaram de um treinamento de uma semana e estão capacitados para preencher os formulários da pesquisa de demanda da oferta turística de João Pessoa. São 19 questionários aplicados às 52 atividades ligadas ao turismo, relacionadas no Código Nacional de Atividades Turísticas. Os alunos participantes foram selecionados pelas coordenações do curso de Turismo da UFPB e Iesp e devem trabalhar na aplicação do questionário entre os meses de outubro, novembro e dezembro.

As informações serão catalogadas simultaneamente e incluídas nos campos de validação de dados. A coordenação das atividades dos alunos ficará a cargo da professora Vera Simões e o desenvolvimento do ‘Inventario Turístico’ vai receber o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans).  A efetivação do projeto deve acontecer numa parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo (Setur), universidades (com pelo menos uma turma de turismólogos formados) e o Governo do Estado. 

João Pessoa está entre os 65 destinos indutores do Ministério do Turismo a iniciar a construção do ‘Inventário da Oferta Turística’. De acordo com o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Junior, o levantamento é instrumento fundamental para a elaboração de estratégias de crescimento e a construção do Plano Diretor de Turismo. É uma radiografia dos equipamentos turísticos da cidade, esclarece.