IPM adere ao Pró-Gestão para trazer mais segurança e benefícios aos segurados da PMJP

Por Vivi Carvalho - em 305

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) aderiu ao Pró-Gestão, para certificar a previdência do município. O prefeito Luciano Cartaxo e o superintendente do Instituto de Previdência Municipal (IPM), Roberto Wagner Mariz, assinaram ao termo de adesão do Pró-Gestão, um programa de certificação da Secretaria da Previdência do Ministério da Economia. João Pessoa é a segunda capital do Nordeste e a segunda cidade na Paraíba a aderir.

O Pró-Gestão RPPS (Regimes Próprios de Previdência Social) foi criado em 2015 para incentivar os RPPS a adotarem melhores práticas de gestão previdenciária, de forma a proporcionar maior controle dos seus ativos e passivos e a conferir mais transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade.

O IPM cumpriu os requisitos exigidos e foi credenciado no programa, tornando-se um investidor qualificado, tendo acesso a produtos com melhores performances, garantindo maior rentabilidade e equilíbrio financeiro para as contas públicas. Segundo dados da Secretaria de Previdência atualmente existem 147 municípios que aderiram ao Pró-Gestão em todo o Brasil.

Para iniciar o processo, uma equipe do IPM participou de um curso preparatório no TCE-PB, no ano passado. Desde janeiro, o superintendente, Roberto Wagner Mariz, se empenhou na reestruturação do setor Controle Interno, para implementar as ações que vão gerar a certificação do nível II. Dentre elas, a criação da cartilha de benefícios, código de ética, plano de ação da capacitação dos servidores do Instituto, entre outras.

Para o superintendente do IPM, Roberto Wagner Mariz, “essa adesão ao Pró-Gestão significa que avançaremos na eficiência, responsabilidade e transparência com o dinheiro público. E com o nosso empenho tenho certeza que teremos a certificação em breve”, declarou Roberto Wagner.