IPM discute novas etapas de implantação do sistema previdenciário on line

Por - em 84

Nesta quinta-feira (12) o Instituto de Previdência do Município de João Pessoa (IPM) participou, em parceria com outras quatro autarquias que asseguram aposentadorias no Norte e Nordeste do país, de uma reunião. O encontro teve como objetivo definir novos direcionamentos na implantação do Sistema Previdenciário de Gestão de Regimes Públicos de Previdência Social (Siprev) na Paraíba. Este sistema de gestão de benefícios, criado pelo Ministério da Previdência, facilita a abertura de processos de aposentadoria, através da criação de um banco de dados nacional, que cruzará informações previdenciárias de todo o Brasil.

Para os servidores inativos de João Pessoa e do Estado, estes últimos geridos pela Paraíba Previdência (PBPrev), essa reunião teve o intuito de discutir o Módulo de Simulações de Benefícios do sistema. Neste, o aposentado pode calcular o tempo de contribuição e o benefício médio que virá a receber, uma vez que os dados do servidor inativo estejam disponibilizados no banco de dados do Siprev.

A equipe da IPM no evento foi integrada pelo superintendente do Instituto, Cristiano Henrique Souto, pelo assessor jurídico Yuri Veiga e pelo advogado Victor Assis de Oliveira. Segundo Yuri, vários outros módulos serão discutidos e apresentados aos técnicos da instituição municipal, mas adiantou as funcionalidades do banco de dados. “Com este sistema, o futuro aposentado poderá, entre outras coisas, saber com antecedência de quanto será o seu benefício, depois que o processo for aprovado”, pontuou.

Cleide de Melo da Costa, representante enviada pelo Ministério da Previdência para a reunião, disse que com a implantação Siprev, o assegurado faz toda a simulação sem sair de casa. “Esse é um dos nossos principais objetivos, o servidor inativo poder efetuar os cálculos necessários através deste sistema do Governo Federal em sua residência”, comentou.

Participantes – Também participaram deste encontro Alex Wagner Alves e Luiza Fernandes Gualberto, da PBPrev; Malbânia Façanha Pereira e Cláudia Rosário Tavares, representantes do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado Rondônia (Iperon); Roberta de Carvalho Gomes e Josinalda Barbosa do Rêgo, da Fundação de Aposentadorias e Pensão dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape); Anna Paula Almeida, do Regime Próprio de Previdência do Município de Recife (Reciprev). Nestes Estados, o Siprev já está parcialmente ou totalmente integrado.