João Pessoa atrai a atenção em Fórum de Cidades Criativas da Unesco e vai sediar Feira Internacional de Economia Criativa

Por - em 353

A Capital paraibana será sede da Feira Internacional de Economia Criativa, prevista para ocorrer em novembro deste ano, com a possível presença de cidades criativas reconhecidas pelo artesanato e pela cultura popular que participam do XII Fórum da Unesco, que acontece em Cracóvia, na Polônia. O acordo de cooperação bilateral foi apresentado pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, nesta quarta-feira (13), durante painel feito para os gestores da rede mundial de cidades selecionadas pelas Nações Unidas.

Depois de entregar os acordos de cooperação para a Feira Internacional, desenvolvida em parceria com o Sebrae e outras entidades parceiras, Luciano Cartaxo disse que João Pessoa faz da criatividade um ativo reconhecido dentro e fora do País. “Mesmo tendo ingressado há poucos meses na rede mundial da Unesco, João Pessoa já se consolida como uma referência no Brasil, estimulando o intercâmbio com cidades reconhecidas pela inovação, sustentabilidade e pelo incentivo à cultura em todo mundo”, disse.

O gestor ponderou que essa troca de experiências em João Pessoa deverá deixar um legado importante, contribuindo para a formação de dezenas de artesãos paraibanos. “A exemplo do que ocorreu ontem com a operação de crédito firmada junto ao BID, estamos abrindo portas para uma cidade que se firma pelo planejamento a longo prazo, aberta à interações com outros municípios do globo e à melhoria da qualidade de vida da população”, apontou.

A apresentação do acordo de cooperação para a Feira Internacional de Economia Criativa, que irá contar com o Salão Internacional de Artesanato, foi feita durante a Mesa Redonda para o Desenvolvimento Sustentável do Fórum da Unesco. A previsão é de que o evento aconteça, em João Pessoa, entre os dias 19 e 25 de novembro. No início deste ano, a Capital paraibana realizou e sediou o Encontro de Cidades Criativas Brasileiras da Unesco (ECriativa), o primeiro do gênero entre os municípios que integram a rede no Brasil.