João Pessoa participa de congresso da ABAV no Rio de Janeiro

Por - em 22

A Secretaria de Turismo da Prefeitura de João Pessoa (Setur) está participando até esta sexta-feira (23) do 37º Congresso Brasileiro das Agências de Viagens e Feira das Américas (ABAV), que acontece no Riocentro, no Rio de Janeiro. O evento, que é o maior do gênero no país, deve atrair aproximadamente 27 mil pessoas de 30 países diferentes durante os três dias e serve de vitrine para os estados participantes.

Nesta quarta-feira pela manhã aconteceu a abertura oficial do Congresso, que contou com a participação dos ministros do Turismo, Luiz Barreto, e da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Nos discursos dos dois ministros, a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 foram pontos comuns. Ambos destacaram as oportunidades que os dois eventos trarão para os empresários do setor de turismo.

O secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Pereira, que está participando do Congresso, disse que essa sintonia do governo federal em perceber a importância do setor para o desenvolvimento do país mostra que o turismo está se fortalecendo cada vez mais e ressaltou que João Pessoa está se preparando para o ‘boom’ turístico dos próximos anos. “Estamos planejando ações a longo prazo para que a Capital possa se tornar um dos melhores destinos turísticos do país. Teremos a Copa, e o fato de sermos vizinhos de cidades sede vai beneficiar muito o setor que está otimista com as previsões para os próximos anos”, comenta.

O ministro Luiz Barreto destacou a importância da atuação do empresariado do turismo na superação da crise. Falou também dos esforços do MTur para estimular a demanda interna com a realização de campanhas publicitárias e aumento da oferta de crédito tanto para as empresas como para o turista. Ações que, segundo ele, resultaram no crescimento médio de 20% em todos os setores da atividade turística no verão passado.

“Os números comprovam o crescimento da demanda interna”, afirmou o ministro, mostrando que os 35 milhões desembarques domésticos de janeiro a agosto deste ano foram recorde histórico no período. Luiz Barreto lembrou ainda que a estimativa de chegada de 600 mil turistas estrangeiros para a Copa, com acréscimo de 15% a desse numero nas Olimpíadas de 2016, representa uma excelente oportunidade para mais um salto do turismo brasileiro.