João Pessoa pode integrar projeto de ‘Trem Turístico’ do Sebrae

Por - em 39

João Pessoa é uma das cidades que passará por avaliação para integrar o projeto de ‘Trem Turístico’, idealizado pelo Sebrae Nacional para ser posto em prática em vários destinos turísticos. O consultor do órgão, Mário Braga, estará na Capital a partir desta quarta-feira (25) para avaliar as condições dos atrativos que a cidade possui.

Nesta quarta-feira (25), às 9h, o consultor do Sebrae Nacional se reúne na sede da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Varadouro, com o superintendente Lucélio Cartaxo, e o secretário de Turismo, Elzário Pereira, para discutir a proposta. Em seguida, Mário Braga fará o percurso João Pessoa-Cabedelo de trem.

A escolha de João Pessoa se deve ao projeto ‘Trem Turístico Eco cultural’, que a Secretaria de Turismo (Setur) elaborou juntamente com a CBTU e contempla um trajeto de 20 quilômetros entre João Pessoa e Cabedelo, com o objetivo de integrar a comunidade, potencializar o turismo cultural e ecológico.

Com o trade – Na quinta-feira (26), o consultor do Sebrae Nacional se reunirá com o trade turístico de João Pessoa para dialogar sobre o projeto ‘Trem Turístico’. O encontro ocorrerá a partir das 9h, no auditório da CBTU, no Varadouro. A visita de avaliação sobre o potencial da Capital prossegue até a sexta-feira (27).

O consultor também visitará até o mês de maio os roteiros ‘Trem do Pantanal’, em Matogrosso; ‘Recife/Cabo de Santo Agostinho’, em Pernambuco; ‘Ver de Trem de Salvador’, na Bahia, e ‘Rio/Negrinho de Natal’, no Rio Grande do Norte. A consultoria já passou por ‘Trem das Águas de Soledade de Minas/Rio Verde’, em Minas Gerais.

A intenção da consultoria é contribuir na atuação de pequenos e micro-negócios visando torná-los competitivos e qualificados em destinos turísticos que possam sustentá-los a partir da diferenciação e agregação de valor.

Atrativo – O secretário de Turismo da Capital, Elzário Pereira, ressaltou que implantar o projeto de trem turístico a partir de João Pessoa envolvendo as cidades circunvizinhas implicará em mais um atrativo turístico que será oferecido ao visitante que busca João Pessoa como destino turístico.

“Nós temos a preocupação de potencializar atrativos turísticos, especialmente na área do Centro Histórico, de forma a torná-los interessantes para a visitação dos turistas e visitantes. O importante é estarmos pensando em propostas que integram a Capital às demais cidades de forma auto-sustentável e ecologicamente correta”, disse.