João Pessoa pode ser próxima sede das Olimpíadas Escolares

Por - em 26

O supervisor de eventos do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Cristiano Barros, se reuniu com secretários da administração municipal na manhã desta terça-feira (29), na sala de convenções da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes para apresentar a proposta de realização das Olimpíadas Escolares 2011 e 2012. João Pessoa está sendo avaliada para participar da seleção da cidade que vai sediar os eventos, que acontecem no mês de setembro.

Durante dois dias, o supervisor Cristiano Barros e sua equipe visitam escolas e ginásios da Capital para analisar a viabilidade das Olimpíadas em João Pessoa. “Hoje em dia nós temos uma estrutura muito melhor do que tínhamos em 2007 e 2008, considerando que nós temos 24 ginásios poliesportivos e teremos mais nove até março do próximo ano, o que significa dizer que estamos muito melhores”, garantiu a secretária de Educação Ariane Sá, presente na reunião do COB.

As Olimpíadas Escolares são o maior evento estudantil esportivo do Brasil. Desde o seu primeiro ciclo (2005-2008), reúne milhares de alunos-atletas de instituições de ensino públicas e privadas para uma competição de abrangência nacional.

O evento é realizado em duas etapas – em cidades diferentes -, com faixas etárias distintas (de 12 a 14, e de 15 a 17 anos) -, atualmente com nove modalidades (atletismo, judô, natação, tênis de mesa, xadrez, basquetebol, futsal, handebol e voleibol). Durante os dias de disputa, há também uma programação intensa direcionada aos participantes, com uma série de atividades culturais, educativas e sociais.

O secretario de eventos do COB, Cristiano Barros, disse que a capital paraibana é uma forte candidata a ser a sede do evento em setembro de 2011. “A cidade de João Pessoa já foi parceira do COB em 2007 e 2008, já recebeu o evento aqui. Agora nós temos algumas mudanças do que foi realizado em anos anteriores e do se pretende para 2011 e 2012”, disse Cristiano.

Entre as mudanças estão a montagem de um restaurante central para propiciar a integração e sociabilidade entre as delegações, de um centro de convivência e de uma pista para competição de ciclismo. “Isso além da visita da pista de atletismo, que em 2008 foi feita na do Unipê e a gente sempre quis fazer na pista sintética da UFPB, que se encontra em reforma”, lembrou Cristiano Barros.

O segundo ciclo das Olimpíadas Escolares, iniciado em 2009, mantém os objetivos de promover a inclusão social a partir do esporte, detectar novos talentos nas nove modalidades e criar um novo ambiente favorável à continuidade da prática esportiva no país. Somente na edição de 2008, somadas às duas etapas (com cerca de 10 dias, cada), mais de 6.500 participantes de 1.689 instituições de ensino de 23 Unidades Federativas marcaram presença na Etapa Nacional.

O secretario de Esportes do Município, João Corujinha, disse que realização das Olimpíadas Escolares em João Pessoa é de grande importância para a cidade, uma vez que a prefeitura vem investindo bastante no esporte nos últimos anos na Capital. “Ganhamos 15 campos esportivos e vamos ganhar mais dez. Por isso acredito que temos grandes chances de que as olimpíadas sejam sediadas na cidade”, finalizou Corujinha.