João Pessoa se prepara para sediar Congresso Ibero Americano de Parques

Por - em 48

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) já começou os trabalhos de preparação e apoio para receber os participantes do 8º Congresso Ibero Americano de Parques e Jardins Públicos, que será realizado pela primeira vez na Capital paraibana em outubro do próximo ano. Dois representantes espanhóis que fazem parte da Associação Ibero Americana e Espanhola de Parques e Jardins Públicos estão visitando a Capital e conhecendo espaços que a PMJP mantém como áreas de preservação ambiental, desde a quinta-feira (13).

Na manhã desta sexta-feira (14) eles visitaram o Parque Zoobotânico Arruda Câmara e durante a tarde se reuniram com os representantes da Prefeitura Municipal de João Pessoa no Centro Administrativo Municipal (CAM), para definir o cronograma do Congresso, discutir os resultados com os representantes da Prefeitura e definir as prioridades do evento.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, eles vieram a João Pessoa para fazer o planejamento inicial a respeito do funcionamento do Congresso, como também o levantamento de dados, porque é a primeira vez que a PMJP está se envolvendo em um evento científico desse porte. Geralmente, o público participante gira em torno de 500 participantes. Os espanhóis também estão em João Pessoa para falar como vai ser o congresso, as experiências anteriores, as normas e como tudo que envolve o evento vai funcionar.

Na manhã da quinta-feira (13), os representantes conheceram o espaço da Estação Ciência onde vai ser realizado o evento. No período da tarde, eles foram conhecer o Jardim Botânico Benjamin Maranhão e se encantaram com os lugares. “Pelo que temos visto vai ser um êxito para os congressistas, pois todas as instalações da Estação Cabo Branco são fantásticas, a zona hoteleira é encantadora e o Jardim Botânico é um lugar muito especial”, destacou Félix Moral Pérez, presidente da Associação Espanhola de Parques e Jardins Públicos.

De acordo com o assessor técnico da Secretaria do Meio Ambiente (Semam), os dois representantes espanhóis ficaram empolgados com os lugares que eles visitaram durante esses dois dias aqui em João Pessoa. “O motivo de eles virem para cá, está diretamente ligado com a atual política de preservação ambiental da PMJP. Além disso, a administração municipal está com uma política da implantação de parques, onde foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal uma lei que cria o Sistema Municipal de Áreas Protegidas, e tem o objetivo de prever esse sistema de criação de parques”, explicou Rafael Diniz.