JP concorre a investimentos do PAC de Mobilidade Urbana

Por - em 22

A cidade de João Pessoa é uma das 24 do país que vão concorrer para receber os recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade Urbana, que foi lançado na manhã desta quarta-feira (16), em Brasília. A Capital poderá receber R$ 280 milhões para investir em projetos de melhorias para o trânsito. O total dos investimentos do programa será de R$ 18 bilhões para o país e os recursos só devem ser enviados no segundo semestre do ano.

A secretária de Planejamento de João Pessoa, Estelizabel Bezerra, informou que o objetivo do PAC da Mobilidade é melhorar a locomoção e infraestrutura do transporte público coletivo, sendo que serão priorizados projetos que atendam à população de baixa renda. “O interessante é que a prioridade deste PAC é a prioridade do município de João Pessoa, que é o fortalecimento do transporte coletivo de massa”, disse..

A Secretária disse ainda que, nesta sexta-feira (18), haverá uma reunião entre Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado. “Queremos um projeto de mobilidade envolvendo os municípios da região metropolitana e esse PAC vai ser fundamental para colocarmos o que já estamos dialogando, em prática. Além dos R$ 280 milhões que João Pessoa poderá receber, o Estado da Paraíba poderá receber R$ 480 milhões para a intervenção na região Metropolitana”, explicou.

Estelizabel explicou que João Pessoa entregará seu projeto dentro do prazo estipulado pelo Governo Federal e que os recursos devem ser liberados no segundo semestre de 2011. “Vamos entregar o projeto, o governo ainda vai analisar para depois mandar este recurso, que só deve chegar no segundo semestre do ano. Entre outras coisas, vamos implantar a BRT (sigla em inglês para corredores”, comentou.
 
O que é o PAC da mobilidade?
 
O PAC da Mobilidade é um programa que investirá R$ 18 bilhões no melhoramento do trânsito do país, sendo R$ 6 bilhões de investimentos diretos da União e o restante por meio de financiamento.
 
Como será a seleção de projeto?

De acordo com informações passada pelo Ministério do Planejamento, serão selecionado projetos para implantação e melhoria da infraestrutura do transporte público coletivo de massa, assim como para a aquisição de equipamentos voltados para a integração, controle ou modernização dos sistemas já existentes.

Os projetos devem ser apresentados pelos Estados e Municípios de acordo com critérios apresentados anteriormente. Serão priorizados projetos que beneficiem áreas de população de baixa renda, que já possuem projeto básico pronto e que tenham situação fundiária regularizada. As inscrições dos projetos poderão ser feitas a partir do dia 21 de fevereiro, no site no Ministério das Cidades.
 
Quais Municípios serão beneficiados?
 
1º Grupo – Capitais Metropolitanas com mais de 3 milhões de habitantes
 
-Rio de Janeiro
-São Paulo
-Belo Horizonte
-Porto Alegre
-Brasília
-Recife
-Fortaleza
-Salvador
-Curitiba
 
2º Grupo – Cidades com população entre um e três milhões de habitantes
 
-Manaus,
 -Belém,
-Goiânia,
-Guarulhos,
-Campinas
-São Luís.
 
3º Grupo – Cidades entre 700 mil e um milhão de habitantes
 
-João Pessoa
-Maceió
-Teresina
-Natal
-Campo Grande
-São Gonçalo
-Duque de Caxias
-Nova Iguaçu
-São Bernardo do Campo
 
Outros Projetos de João Pessoa para o trânsito:
 
De acordo com a coordenadora da Unidade Executora Municipal (UEM) da Seplan, Valéria Diniz, no dia 22 de fevereiro o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, assinará um convênio de cooperação técnica com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O BID emprestará a fundo perdido 400 mil dólares e a Prefeitura Municipal de João Pessoa dará uma contrapartida de 100 mil dólares. Este recurso será para que a cidade de João Pessoa possa desenvolver projetos para a melhoria do trânsito.

Além disso, o Prefeito Luciano Agra está prometendo o anuncio de outras melhorias para o trânsito da capital.